06/12/2017 14h39

Com maioria das modalidades concluídas, edição 2017 da Copa Unimed se aproxima do final

Vencedores do handebol são os únicos que ainda não foram conhecidos

 
Redação
 
No futsal, carro chefe do JATs com 40 equipes, valeu o favoritismo que consagrou o Despachante 3 Lagoas campeão pelo segundo ano seguido (Foto/Assessoria) No futsal, carro chefe do JATs com 40 equipes, valeu o favoritismo que consagrou o Despachante 3 Lagoas campeão pelo segundo ano seguido (Foto/Assessoria)

A atual edição da Copa Unimed, realizada pela Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (SEJUVEL), se aproxima do desfecho. Restando apenas os jogos finais do handebol, os vencedores das demais modalidades já foram conhecidos.

Nesta quinta-feira (7) serão realizados os jogos da última rodada do handebol. Às 19h15 o HCTL enfrenta o Edwards. Em seguida, às 20h30, o Edwards joga novamente, dessa vez contra o Medicina. Os dois primeiros colocados se enfrentam na grande final. O jogo será realizado na quinta-feira seguinte (14). Até o momento, o HCTL é o mais bem colocado da modalidade.

OS CAMPEÕES

No futsal, carro chefe do JATs com 40 equipes, valeu o favoritismo que consagrou o Despachante 3 Lagoas campeão pelo segundo ano seguido.

No basquetebol masculino o time vencedor foi o Sonia Confecções. O time Ilha Solteira ficou com o vice-campeonato.

O voleibol consagrou o Lavajato Robcar campeão no masculino e no feminino, as meninas da AABB conquistaram o primeiro lugar.

No vôlei de praia, modalidade estreante, Jhonatan e Gustavo foram os campeões do masculino. Day e Carol faturaram o lugar mais alto no pódio entre as meninas.

O secretário da SEJUVEL avaliou de forma positiva a edição da competição. "Agradecemos a parceria de 17 anos com a Unimed e os atletas que participaram. Ficamos felizes pelas modalidades que entraram nessa edição. Nossa intenção é que nos próximos anos mais modalidades sejam incluídas", disse Leandro Dias.

No total, foram disputados 110 jogos, incluindo todas as modalidades. Os jogos envolveram 848 atletas, entre masculino e feminino. De acordo com a SEJUVEL, em 2018 esse número deverá ser ainda maior.

(*) Assessoria de Comunicação

Envie seu Comentário