24/03/2018 13h26

Encontro para debater Violência Doméstica e Familiar bate recorde de público

Mais de 600 pessoas participaram do 1º Encontro de Combate e Enfretamento à Violência Doméstica e Familiar. Evento ocorreu na noite de ontem (23), no anfiteatro das Faculdades Integradas de Três Lagoas- (AEMS)

 
Ricardo Ojeda e Viviane Pinheiro
Evento lotou o anfiteatro das Faculdades Integradas de Três Lagoas- (AEMS). (Foto: Divulgação) Evento lotou o anfiteatro das Faculdades Integradas de Três Lagoas- (AEMS). (Foto: Divulgação)

Mais de 600 pessoas participaram do 1º Encontro de Combate e Enfretamento à Violência Doméstica e Familiar. O evento que foi um sucesso e aconteceu na noite de ontem (23), no anfiteatro das Faculdades Integradas de Três Lagoas- (AEMS). Na opinião de alguns dos participantes, esse foi o evento com maior participação da sociedade voltada nesse segmento.

Segundo informações de uma das coordenadoras, a todo, foram 559 inscritos, mas no local o número de participantes ultrapassou, ficando alguns assistindo em pé.

Além do anfiteatro lotado, uma grande fila se formou nos corredores da faculdade (Foto: Divulgação) Além do anfiteatro lotado, uma grande fila se formou nos corredores da faculdade (Foto: Divulgação)
AUTORIDADES PARTICIPANTES

Diversas autoridades participaram da solenidade, dentre elas, a secretária de Educação, Edinéia Borges dos Santos, o promotor de Justiça - Luciano Anechini Lara Leite, a secretária de Assistência Social- Rafaella Marques de Oliveira, Aline Beatriz de Oliveira Lacerda – Juíza Titular na Vara da Fazenda Pública, Rita de Cássia Vendrami Pusch de Souza – Defensoria Pública de Três Lagoas, a delegada titular na Delegacia de Atendimento à Mulher – Letícia Mobis, a secretária de Saúde – Madley Cristina Moura Martins, o Subcomandante do 2º BPM- Major Ênio de Souza Soares, o desembargador de Justiça- Alexandre Bastos, o mediador do evento que é advogado e Psicologo atua no Tribunal do Júri no estado José Roberto Rosa, a juíza de direito – Jacqueline Machado e a coordenadora do curso de Direito da AEMS – Daniela Borges.

Cerca de 600 pessoas participaram do evento. (Foto: Divulgação) Cerca de 600 pessoas participaram do evento. (Foto: Divulgação)

No evento, ainda foram arrecadadas caixas de bombons, que serão entregues as crianças carentes de Três Lagoas. As palestras começaram por volta das 19h30 e contou com a participação de um grande público.

Caixas de bombons darão felicidade de várias crianças carentes nesta Páscoa. (Foto: Divulgação) Caixas de bombons darão felicidade de várias crianças carentes nesta Páscoa. (Foto: Divulgação)
SURPREENDENTE

De acordo com, Simone Siqueira coordenadora a participação da sociedade foi surpreendente, mas de 600 pessoas. "Ouvi de colegas professores, acostumados com evento acadêmico, que a permanência do auditório lotado até às 22h também os surpreendeu. Portanto o interesse da sociedade ficou inquestionável, mostrando que o tema preocupa à todos", observou a coordenadora.

Simone disse ainda que compete registrar que "não promovemos um debate, mas um encontro entre os gestores da ‘REDE DE APOIO’ para que um pudesse conhecer o trabalho do outro". Segundo ela, "não basta fazer cada qual a ‘sua parte’ sem a interação do outro. Atribuir responsabilidades sem sugerir soluções articuladas entre os setores da educação, saúde, Assistência social, Polícia Civil, Polícia Militar, Defensoria Pública, Ministério Público e Magistratura não haverá eficiência, a sociedade não será efetivamente atendida", reiterou.

1º Encontro contou com a participação de diversas autoridades, dentre elas, a delegada titular na Delegacia de Atendimento à Mulher – Letícia Mobis. (Foto: Divulgação) 1º Encontro contou com a participação de diversas autoridades, dentre elas, a delegada titular na Delegacia de Atendimento à Mulher – Letícia Mobis. (Foto: Divulgação)
COMISSÃO

A comissão é composta por 10 advogadas de Três Lagoas. Simone de Siqueira Ferreira, Adercina Rosi Magni Léles, Letícia Oliveira Brandão, Cinara Maria Magalhães Leucas, Pâmela Batista Del Preto, Glaucia Elias de Souza, Suzana de Paula Bottaro, Leise Rafaelli Navas, Cristiane Servilha, Rozana de Oliveira Gomes, são as vozes ativas que acompanham as ocorrências contra as mulheres. Além de cobrar procedimentos das autoridades, as representantes buscam recursos e já foram para Campo Grande e Brasília.

Advogadas uniformizadas marcaram presença no evento. (Foto: Divulgação) Advogadas uniformizadas marcaram presença no evento. (Foto: Divulgação)
 

Envie seu Comentário