20/03/2017 07h48

PMA autua proprietário rural em R$ 2 mil por desmatamento e incêndio ilegais

O desmatamento medido em GPS foi de 3 hectares e o incêndio em mais 1 hectare

 
Da Redação
 
As atividades foram realizadas em mudança do uso do solo para plantio de pastagem e foram paralisadas(Foto/Assessoria) As atividades foram realizadas em mudança do uso do solo para plantio de pastagem e foram paralisadas(Foto/Assessoria)

Policiais Militares Ambientais de Jardim realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Nioaque e flagraram em uma fazenda, localizada a 37 km da cidade no último sábado (18), um desmatamento de vegetação de cerrado, que fora executado sem autorização ambiental. Além do desmatamento ilegal, o infrator ainda realizou queima de vegetação também sem autorização do órgão ambiental competente.

O desmatamento medido em GPS foi de 3 hectares e o incêndio em mais 1 hectare. As atividades foram realizadas em mudança do uso do solo para plantio de pastagem e foram paralisadas. Contra o infrator, de 70 anos, residente em Aquidauana, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 1.900,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

(*) Assessoria PMA

Envie seu Comentário