14/11/2017 12h49

Produtores rurais de Brasilândia ganham resfriador de leite

Com o repasse, deverá reduzir o custo com energia e transporte

 
Redação
 
O resfriador tem a capacidade de armazenar mil litros de leite (Foto/Assessoria) O resfriador tem a capacidade de armazenar mil litros de leite (Foto/Assessoria)

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Brasilândia, José Carlos Quintino, representou, na manhã da última segunda-feira (13), o prefeito de Dr. Antonio Thiago, em Campo Grande, na entrega de um resfriador de leite para o Município.

A ação foi realizada por intermédio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), órgão vinculado a Semagro – Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura, em convênio com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Caixa Econômica Federal.

Brasilândia e mais outras 22 cidades receberam o aparelho que deve beneficiar diretamente os pequenos produtores de leite, no investimento total de mais de meio milhão de reais. Com o repasse, deverá reduzir o custo com energia e transporte, melhor negociação entre os produtores e o laticínio com agregação de valor e menor desperdício. O resfriador tem a capacidade de armazenar mil litros de leite. "Ao todo, foram investidos R$448.850,00 em equipamentos em forma de dois convênios firmados junto ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Caixa Econômica Federal. E nós estamos atentos para fazer mais convênios sempre que necessário", informou o prefeito Dr. Antonio.

O primeiro de R$141.350,00 que garantiu a compra de 11 resfriadores, com capacidade para mil litros de leite e segundo, de maior valor, calculado em R$ R$307.500,00 para aquisição de 15 resfriadores que armazenam até dois mil litros de leite.

(*) Assessoria de Comunicação

Envie seu Comentário