09/03/2017 17h20

Renda do Espeto Solidário chegou em boa hora, diz presidente de Rede

O valor líquido de R$ 21.226,32 dará para atende a necessidade de um mês às mais de 500 pessoas que passam pela entidade mensalmente

 
Ricardo Ojeda
 
Diretoria da Rede Feminina de Combate ao Câncer recebe cheque  simbólico no valor de R$ 500 do clube de motociclistas de Água Clara (Foto: Ricardo Ojeda) Diretoria da Rede Feminina de Combate ao Câncer recebe cheque simbólico no valor de R$ 500 do clube de motociclistas de Água Clara (Foto: Ricardo Ojeda)
 
Com ajuda de renda de eventos do Motoshow, entre outras doações a sede da Rede Feminina foi inaugurada em 2015 (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo) Com ajuda de renda de eventos do Motoshow, entre outras doações a sede da Rede Feminina foi inaugurada em 2015 (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo)


A renda do Espeto Solidário, evento que aconteceu no último sábado (4) vai ajudar a custeio de um mês de atividades da Rede Feminina de Combate ao Câncer, disse, Lourdes Palhares, presidente da entidade.

De acordo com Palhares, os gastos mensais do custeio da entidade giram em torno de R$ 25 mil, e o valor arrecadado durante o evento atingiu a soma de R$ 21,226,32. Todo o recurso será revertido para trabalhos na casa de assistência que atende pessoas de Três Lagoas e outros municípios da região.

FILANTROPIA

Segundo disse a presidente, a entidade existe desde 1982. Atualmente cerca de 500 a 600 pessoas são atendidas mensalmente, destes, existe 160 famílias fixas. Para isso, na sede da rede existe equipes trabalhando diuturnamente para atender a demanda. Ao todo são duas assistentes sociais; um psicóloga, três caseiras, uma secretária administrativa e uma atendente. Todos os funcionários são devidamente registrados como determina a lei.

Por mês são atendidas de 500 a 600 pessoas, algumas delas são de municípios vizinhos, sendo 160 famílias fixas. Os pacientes contam com toda a assistência necessária podendo pernoitar no local e quartos confortáveis, com estrutura necessária para atender as pessoas de outras cidades.

Grupos de amigos do Botchesco, clubes de motociclismo, patrocinadores se reuniram na noite de quarta-feira no Arena Mix para apresentar o balanço do evento

ESTRUTURA

Outras pacientes precisam descansar, enquanto esperam o ônibus que o levará à Barretos. Nesse caso, existe uma sala refrigerada, com TV e sofá, além do lanche que são servidos. A rede presta serviços como prevenção ao câncer, alimentação básica, alimentação suplementar, transporte solidário, acolhimento no embarque dos pacientes, além de contar com oficinas e diversos projetos.

Para atender toda essa semanada, a Rede Feminina conta com um ônibus, disponibilizado pela prefeitura, que é usado para transportar os pacientes.

VERBA ESCASSA

Lourdes Palhares reiterou ainda que "a demanda está grande para pouco recurso". O leilão de gado que é realizado em prol da rede é um dos eventos que mais ajuda a Rede, arrecadando cerca de R$ 18 a 20 mil. Entretanto, o último realizado a arrecadação atingiu R$ 15 mil.

Apesar da verba ser escassa a Rede Feminina de Combate ao Câncer presta um excelente serviço a toda a população. Lourdes não se deixa abater pelas dificuldades. Além de uma dinâmica diretoria que não deixa desanimar, ela sempre está animada para novos desafios e eventos para angariar recursos à entidade.

O próximo evento que já está agendado para acontecer será o Motorshow. Palhares contabiliza que essa festa poderá render recursos para atender as despesas da entidade para no mínimo seis meses.

No domingo passado, o Arena Mix recebeu vários grupos de pessoas de Três Lagoas e região que vieram prestigiar o Espeto Solidário

MOTORSHOW

A exemplo do Espeto Solidário, o Motorshow será realizado em parcerias com vários grupos e clube de motociclistas que não medem esforços para trabalhar. Pata ter uma ideia, o Espeto Solidário contou a participação de vários grupos, dos quais, Marcha, Bodes do Asfalto, Abutres, Elos de Aço, K’nibais do Asfalto e 299 Adrenalina. Além disso, quatro bandas de Andradina animaram a festa solidária.

Um exemplo de solidariedade e amor ao próximo foi dado pelo clube de motociclistas, Ases 337, de Água Clara que se cotizaram, conseguindo arrecadar R$ 500 que foi entregue à presidente, Lourdes Palhares. Ela agradeceu o gesto dos integrantes do clube, bem como os demais participantes que vieram de várias regiões prestigiar o evento. Além disso a presidente agradeceu ainda todos os envolvidos, diretos e indiretamente na festa. Aos patrocinadores, ela, em nome das pessoas que são atendidas agradeceu de forma emocionada o carinho e o gesto de solidariedade.



RENDA

Renda bruta do Espeto Solidário foi de R$ 28.832,32. As despesas somaram R$ 7.608,00, sobrando um valor líquido de R$ 21,226,32, dinheiro que vai possibilitar o atendimento por mais um mês de pessoas carentes e necessitadas de carinho e calor humano acima de tudo.

 

Envie seu Comentário