11/10/2017 12h38

AGU tem proposta de 3.000 vagas para novo Concurso

Projeto de Lei prevê a criação de 3 mil vagas para cargos de técnico e analista, exigindo níveis médio e superior com salários de até R$6 mil.

 
Redação
 
Foto:AGU. Foto:AGU.

Mais um grande concurso à vista! O Projeto de Lei n.6788/2017, que visa a reestruturação o quadro de pessoal da Advocacia Geral da União (técnico e analista) e Receita Federal (atividades aduaneiras, tributárias e TI) foi aprovado pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Públicos da Câmara dos Deputados.

A aprovação se deu no dia 27 de setembro e, somente para a AGU, visa a abertura de 3.000 oportunidades. As vagas se distribuem entre os cargos de técnico (1000) e analista (2000), exigindo níveis médio e superior de escolaridade, respectivamente.

As remunerações iniciais previstas são de R$1.749,57 para técnico e R$2.220,00 para analista. Porém, somadas as gratificações, os salários podem chegar a R$4.669,35 e R$6.985,34, respectivamente, cumprindo 44h semanais. Tais complementos são formados pelas gratificações de desempenho e apoio técnico administrativo, contabilizadas por pontos de avaliação.

A realização de um novo concurso se justifica pela atual conjuntura do quadro de servidores da AGU. Segundo o ofício enviado pela Associação dos Servidores da Advocacia Geral da União (ASAGU) à Câmara, apenas 38% do quadro atual é formado por servidores da área administrativa do próprio órgão.

O restante é proveniente de outros órgãos ou empresas públicas, o que representa um custo mensal de R$4 milhões aos cofres, gasto destinado a servidores que não são efetivos da própria AGU. Além disso, até 2018, 44% dos atuais funcionários estarão em condições de aposentadoria, o que comprometeria, ainda mais, o quadro funcional.

(*) Concursos Brasil

Envie seu Comentário