11/08/2017 16h21

Eldorado volta a ser disputada, agora por grupo asiático

Empresa extremamente competitiva atraiu a atenção da April que ofertou R$ 2 bilhões a mais que a chilena Arauco

 
Ricardo Ojeda
 
A Eldorado é considerada uma fábrica modelo e, por isso, é extremamente disputada por várias empresas. (Foto: Divulgação). A Eldorado é considerada uma fábrica modelo e, por isso, é extremamente disputada por várias empresas. (Foto: Divulgação).

Uma nova gigante de celulose entrou no páreo na disputa pela Eldorado Brasil. Trata-se da indonésia April, empresa que está presente em 75 países.

Segundo nota publicada na coluna Radar On-line da Revista Veja, assinada pelo jornalista Mauricio Lima a April entrou na negociação oferecendo R$ 16 bilhões, dois a mais que a chilena Arauco teria oferecida à Eldorado.

A April tem sede em Pangkalan Kerinci, Riau, na ilha de Sumatra - na Indonésia e é uma das maiores empresas de celulose do planeta. Com esse portfólio, ela possui ‘cacife’ suficiente para bancar a proposta.

De acordo com o texto publicado na coluna Radar, a estratégia dos Batista para valorização de ativos, aparentemente, está rendendo resultados. A Eldorado é exemplo disso. As negociações que começaram em 14 bilhões com a chilena Arauco já evoluíram para 16 bilhões da indonésia April

A Eldorado é considerada uma fábrica modelo e, por isso, é extremamente disputada por várias empresas. Além disso, a rentabilidade da produção da empresa é surpreendente. Para este ano está previsto 1,7 milhão de toneladas de celulose. Desse total, 90% é destinado ao mercado externo.

O Ebitda do ano passado foi de R$ 1,6 bilhão, com lucro líquido: R$ 288 milhões - Produção: 1,64 milhão de toneladas.

Atualmente, a empresa possui 240 mil hectares de florestas, que utilizam 100% de mão-de-obra própria nos hortos. Por dia são plantadas uma média de 200 mil árvores, enquanto são colhidas aproximadamente 80 mil de forma mecanizada.

Envie seu Comentário