16/03/2012 07h03 - Atualizado em 16/03/2012 07h03

Até novembro os voos regulares já devem estar operando em Três Lagoas

Prefeitura acelera obras do receptivo e acesso. Área terá mais proteção para evitar invasão da pista pelas emas

 

Edmir Conceição
 
Estrutura do receptivo do Aeroporto de Três Lagoas. (Foto: Ricardo Ojeda) Estrutura do receptivo do Aeroporto de Três Lagoas. (Foto: Ricardo Ojeda)

As obras do receptivo e novo acesso ao Aeroporto de Três Lagoas para assegurar sua inauguração em junho estão sendo aceleradas. Junho é mês de aniversário da cidade. A Secretaria de Transportes e Obras do Estado confirmou a previsão de inauguração e início das operações de vôos comerciais já no segundo semestre.

Está confirmada a rota da Azul até Viracopos, em Campinas (SP) e deve ser anunciada a segunda linha, a ser operada por outra companhia. Com a ativação do Aeroporto Plínio Alarcom, Mato Grosso do Sul passará a contar com sete terminais em condições de operar voos regulares a partir de julho. Já operam os aeroportos de Campo Grande, Corumbá, Ponta Porã, Dourados e Bonito, além do aeroporto auxiliar Santa Maria, na Capital.

A pista do Aeroporto de Três Lagoas passa pelos últimos ajustes e as obras do receptivo entram na fase de acabamento. O cercamento de toda área do aeroporto foi definida como prioridade pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em vistoria de técnicos. Em Três Lagoas o problema são as emas, que invadem a pista. A ave símbolo do cerrado é um problema para a segurança. Cinco emas já foram retiradas da pista.

O Governo já investiu R$ 42 milhões na revitalização e reforma de aeroportos, sendo que maior parte dos investimentos atenderam a instalação do terminal de Porto Murtinho e reformas no Santa Maria, em Dourados e Três Lagoas. São 16 aeroportos e aeródromos em todo Estado.