13/01/2006 16h23 - Atualizado em 13/01/2006 16h23

Elektro inicia detalhamento na conta de luz

 

Olair Nogueira

As contas de energia elétrica dos consumidores da Elektro atendidos em baixa tensão passarão, a partir desta segunda-feira (16), a detalhar quanto, do valor a ser pago, será destinado aos diferentes segmentos da cadeia de comercialização de eletricidade – geração, distribuição e transmissão – e ao pagamento de encargos setoriais e tributos. Com a mudança, a Elektro atende às exigências da Resolução 166/04, da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que determina que as concessionárias de distribuição de energia informem ao consumidor atendido em baixa tensão a destinação do dinheiro arrecadado com o pagamento da conta de luz.A medida proporcionará maior transparência em relação aos componentes da conta de luz. Em uma conta no valor de R$ 81,19, por exemplo, cobrada pelo consumo de 220 kWh mensais por um consumidor residencial de baixa renda, passará a estar impresso que a Elektro, que é uma concessionária de distribuição, receberá desse valor apenas R$ 27,46.As empresas geradoras de energia (que produzem eletricidade em usinas) receberão R$ 19,74, enquanto caberão às companhias transmissoras (que fazem o transporte de energia elétrica por meio de linhas de transmissão) outros R$ 4,63. Além disso, R$ 5,00 serão destinados ao pagamento de encargos setoriais e outros R$ 24,36, ao pagamento de tributos (ICMS, PIS e Cofins).