26/07/2011 11h15 - Atualizado em 26/07/2011 11h15

Programa Brasil Alfabetizado abre vagas para Alfabetizadores

O Programa tem uma duração de 8 meses com uma carga horária de 320 horas/aula

 

Assessoria de Comunicação
O Programa Brasil Alfabetizado abriu vagas para os alfabetizadores que pretendem ministrar aulas no ano de 2012.(Foto: Assessoria de Comunicação) O Programa Brasil Alfabetizado abriu vagas para os alfabetizadores que pretendem ministrar aulas no ano de 2012.(Foto: Assessoria de Comunicação)

“Se o alfabetizador tiver duas turmas, ele ganhará R$ 500,00 reais ao mês. O salário depende de cada um. Lembramos que toda a estrutura montada no local das aulas, é de inteira responsabilidade do educador”

— Maria Aparecida

O Programa Brasil Alfabetizado abriu vagas para os alfabetizadores que pretendem ministrar aulas no ano de 2012. A informação foi repassada pela coordenadora da Secretaria Municipal de Educação, Maria Aparecida do Nascimento Castro.

O programa de alfabetização com duração de 8 meses, tem uma carga horária de 320 horas/aula e tem como público alvo, todo e qualquer cidadão analfabeto que possua 15 anos de idade ou mais e que não tiveram acesso à escola.

O programa é um esforço conjunto na área de educação de iniciativa do Governo Federal, em parceria com estados e municípios voltados para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O objetivo é erradicar o analfabetismo no País, garantindo o direito constitucional que todo cidadão brasileiro possui de acesso à educação e, consequentemente, de ler e escrever.

Para os alfabetizadores, o pré-requisito é ter no mínimo o ensino médio completo e vontade de ensinar. Cada alfabetizador monta sua própria turma nos bairros e distritos onde reside ou escolheu trabalhar, podendo ser nos asilos, presídios, escolas, igrejas, associações, residências e etc. Estes alfabetizadores recebem mensalmente uma bolsa auxílio pelo trabalho voluntário no valor de R$ 250,00 reais, por turma que são efetuadas em uma conta- benefício aberta pelo FNDE/MEC em nome do alfabetizador no Banco do Brasil.

“Se o alfabetizador tiver duas turmas, ele ganhará R$ 500,00 reais ao mês. O salário depende de cada um. Lembramos que toda a estrutura montada no local das aulas, é de inteira responsabilidade do educador”, disse Maria Aparecida.

Em Três Lagoas o projeto vem sendo desenvolvido desde 2007. O programa é desenvolvido em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, sob a coordenação das técnicas da Secretaria Municipal de Educação, Maria Aparecida do Nascimento Castro, Maria Célia Santos Nunes e de Aline do Nascimento.

Atualmente estão matriculados pelos alfabetizadores 450 alfabetizandos, distribuídos em 17 turmas. As aulas acontecem nas escolas municipais, Prof. Ramez Tebet, Profª Maria Eulália Vieira, Maria de Lourdes Lopes, Joaquim Marques de Souza, Senador Filinto Muller – extensão Oiti, Olyntho Mancini e na escola, Profª Marlene Noronha Gonçalves, além da Associação de Moradores do bairro Vila Nova, Igreja Santa Rita de Cássia e Salão Paroquial da Igreja São Sebastião. As aulas também são realizadas em residências, distritos e assentamentos, como o 20 de Março, Garcias Cinturão Verde e residências localizadas nos bairros Guanabara, Parque São Carlos e outras.

Os cursos acontecem de segunda a quinta-feira, com duas horas e meia de duração. O período das aulas é vespertino ou noturno e depende da disponibilidade dos alfabetizandos. As aulas terão início em fevereiro de 2012. As coordenadoras realizam quinzenalmente encontros de formação continuadas para os alfabetizadores e visitas nas salas de aula semanalmente. O Programa Brasil Alfabetizado é um programa criado pelo MEC e executado pela SED/MS em parceria com a SEMEC. As coordenadoras municipais recebem total apoio da Prefeita Márcia Moura (PMDB) e do Secretário Municipal de Educação e Cultura, Prof. Mário Grespan Neto.

(8) Comentários

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

bom dia ou boa tarde,quero ensinar gostaria de faser parte desse projeto min ligue 81/87110053. formado em majisterio.

 
tertulianorodrigues da silva em 11 de março de 2013 às 09:33

moro em barroquinha,pena cidade do ceara,conclui o ensino medio em 2011 ,começei a facudade de letras em fevereiro desse ano,entao me escrevi no PBA fiz a prova,fiquei na 2º colocação,"mais nao me deixaram ensinar pelo simplis fato de nao ter 18 anos ainda,porque completo só no mes de setembro".
fique muito triste,mais eles estão certos?ou eu tinha que ter ido atras dos meus direitos?

 
francisca lourdes araújo de andrade em 15 de maio de 2012 às 05:56

sou Alfabetizadora deste programa desde da 1 etapa e tadas as Alfabetizadora deste só tém o magistério porque o governo também não dá uma oportunidade para uma formaçaõ em pedagogia?

 
Maria de Fátima Gomes dos Santos em 10 de dezembro de 2011 às 15:24

SOU PEDAGOGA ,MORO NA CIDADE DE PINDAMONHANGABA ,REGIÂO VALE DO PARAÍBA,GOSTARIA DE TER MAIORES INFORMAÇÔES SOBRE O PROGRAMA COMO : QUANTOS ALUNOS DEVE TER UMA TURMA, QUEM MONTA A SALA , ONDE SÂO REALIZADOS OS ENCONTROS DE FORMAÇAO CONTINUADA ,COMO E ONDE FAÇO A INSCRIÇÂO ETC...OBRIGADA PELA ATENÇÂO.

 
SULAMITA DA SILVA MARTINS em 11 de novembro de 2011 às 19:51

Gostaria de ter mais informações sobre o Programa.
Moro em São José dos Campos e Sou Pedagoga.
Obrigada!

 
karina Aparecida Waldomiro em 10 de novembro de 2011 às 20:21

Gostaria de saber mais informações sobre como trabalhar. Morro em São José dos Campos-SP. Sou educadora.

 
Marta em 08 de novembro de 2011 às 22:26

Sim gostaria de saber como faço a inscrição para educador. moro na cidade são joão do rio do peixe paraiba 08396232426

 
Ardigleuma em 02 de novembro de 2011 às 19:54

gostaria de saber como vai funcionar ano que vem o progama,já trabalho no projeto do estado do es com o programa alfabetização é um direito e disseram que em 2012 será brasil alfabetizado, haverá parceria com o governo federal gostaria de participar ,como faço minha inscrição?em que portal

 
andreine em 17 de outubro de 2011 às 14:49