22/09/2012 12h25 - Atualizado em 22/09/2012 12h25

Obras devem começar ainda nesse ano e entrega será em outubro de 2013

Inicio das obras foi comprometida devido mudança no projeto arquitetônico do empreendimento que contará com 110 lojas e cinco salas de cinema

 

Guta Rufino

 
Carlos Curione concedeu coletiva à imprensa para explicar a retomada das obras de shopping que, segundo ele será inaugurado em outubro do próximo ano (Fotos: Ricardo Ojeda) Carlos Curione concedeu coletiva à imprensa para explicar a retomada das obras de shopping que, segundo ele será inaugurado em outubro do próximo ano (Fotos: Ricardo Ojeda)

Na manhã deste sábado (22), aconteceu o que se pode chamar de relançamento do Shopping Nações Três Lagoas, ou seja, foi apresentado o novo projeto arquitetônico do shopping, que atende as exigências feitas pelos três-lagoenses, além da retomada da comercialização dos pequenos espaços.

A coletiva de imprensa aconteceu no Condomínio Resort e Residence Village do Lago, empreendimento dos irmãos Mário e Marcus Tabox, onde foi apresentado Carlos Curione, novo executivo da Vértico, que é responsável pelo setor comercial e fará o acompanhamento das obras do Shopping Nações.

RETOMADA

Conforme salientou Curione, um dos principais motivos da reunião foi comunicar que as obras do shopping não pararam, e que a empresa está retomando a comercialização dos pequenos espaços para lojistas. A comercialização inicia em outubro e segundo o executivo, o Shopping Nações Três Lagoas vai ser realidade.

 
O executivo da Vértico apresentou as corretoras que a partir de outubro já estão comercializando espaço do Shopping e apresentou o novo projeto (Foto: Ricardo Ojeda) O executivo da Vértico apresentou as corretoras que a partir de outubro já estão comercializando espaço do Shopping e apresentou o novo projeto (Foto: Ricardo Ojeda)

JUSTIFICATIVA

“O projeto nunca deixou de existir. Jamais pensamos em abortar Três Lagoas”, frisou Curione. Conforme o representante da Vértico, o Shopping só teve que dar uma “brecada” por alguns fatores além do projeto arquitetônico. “Ocorreram diversas etapas que tinham que ser seguidas. Mudar o projeto não é tão simples”, disse.

Segundo o executivo, outros 100 shoppings estão sendo construídos em todo país, então as empresas lojistas como: Marisa, Riachuelo, Avenida, Cine Sisten e Zig Zag Play – que virão para Três Lagoas - estavam comprometidos com estes outros empreendimentos.



Três destas grandes empresas já confirmaram a instalação no Shopping Nações. Uma certeza já se tem, de acordo com Curione, o shopping terá 5 cinemas, quatro com tecnologia 3D e 1 com a inovadora tecnologia 4D.

ATENDENDO PEDIDOS

O projeto arquitetônico do Shopping Nações foi alterado. Conforme Curione, uma pesquisa foi realizada no município, a fim de construir um shopping que atendesse os desejos da população três-lagoense. “O projeto está aprovado, está tudo certo para começar”, confirmou o representante.

ESTRUTURA INOVADORA

O projeto é que “O shopping seja aberto, mais arejado, não uma caixa fechada. Será arborizado, terá espelhos d’água...”, é o que comentou o executivo. A estrutura se assemelha com o a do shopping de Tamboré/SP, de acordo com o representante.

 
Os irmãos Tabox, empreendedores do Village do Lago elogiaram a iniciativa da Vértico que vai retomar as obras do Shopping (Foto: Ricardo Ojeda) Os irmãos Tabox, empreendedores do Village do Lago elogiaram a iniciativa da Vértico que vai retomar as obras do Shopping (Foto: Ricardo Ojeda)

A arquitetura interna – principalmente - vai ser diferente do projeto anterior. O novo projeto é diferenciado, será “Life Style”, que traduzindo do inglês seria: Estilo de Vida, que segundo Curione a proposta é um estilo de vida que proporciona viver melhor .

INAUGURAÇÃO

A inauguração do ao esperado shopping está prevista para outubro de 2013, ou seja, os três-lagoenses ainda vão esperar ansiosamente mais um ano para que este sonho se torne realidade.

A construção, que segundo Curione é diferente e inovadora, vai levar apenas 7 meses – no máximo 9 – para ficar pronta e ser entregue aos lojistas.

Com relação à mão de obra para a construção, o executivo prometeu: “Vamos tentar aproveitar ao máximo a mão de obra local”.

INTERESSADA

Segundo Curione, a loja C&A, demonstrou interesse em fazer parte do conjunto de lojas que vão compor o Shopping Nações, entretanto, ainda será analisada a possibilidade de agregar a loja, tendo em vista que o projeto do shopping no momento não comporta mais do que as 110 lojas que estão previstas. “Estou com problema de espaço”, disse o executivo. Ainda de acordo com ele, caso seja aceita a vinda da C&A, haverá necessidade de diminuir o número de lojas pequenas para atender mais uma de grande porte.

AUSÊNCIA

O executivo Carlos Curione fez a apresentação da retomada das obras apenas com o auxilio do assessor de comunicação, Paulo Renato. A ausência dos empresários Jorge Salomão e demais representantes da Vértico foram justificadas por Curione. Eles não estavam presentes devido problemas pessoais e coincidência com outros eventos que teriam que participar.

AGENDA

Dentro de 30 dias, acontecerá uma reunião entre a Vértico e os lojistas, conforme divulgado por Curione durante a coletiva de imprensa.