21/03/2018 15h42

Várias autoridades já confirmaram presença no evento que vai acontecer no auditório da AEMS, às 19 horas. A iniciativa é da Comissão de Enfrentamento e Combate a Violência Domestica e Familiar Contra a Mulher, através da OAB – Seccional Três Lagoas

Ricardo Ojeda

Várias autoridades já confirmaram presença no evento que vai acontecer no auditório da AEMS, às 19 horas. A iniciativa é da Comissão de Enfrentamento e Combate a Violência Domestica e Familiar Contra a Mulher, através da OAB – Seccional Três Lagoas

O primeiro encontro de Combate e enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher será realizado na próxima sexta-feira, dia 23 de março às 19 horas, no anfiteatro da AEMS. Segundo a advogada, Simone de Siqueira Ferreira, coordenadora da Comissão de Enfrentamento e Combate a Violência Domestica e Familiar Contra a Mulher, que tomou posse recentemente na OAB, “o evento nasceu da necessidade social de proteção à mulher diante da onda de violência doméstica que vem sendo registrado em Três Lagoas”.

ÍNDICES DE VIOLÊNCIA

Nos últimos meses o índice de violência contra a mulher ocorrido na cidade trouxe muita preocupação às autoridades. A preocupação foi criada em decorrência da iniciativa do presidente de nossa seccional em Campo Grande Dr. Mansour Elias Karmouche ao criar uma caravana em prol da cidadania, iniciou assim um trabalho de proteção e interação social com escopo de transmitir informações de cunho preventivo. A partir deste ato foi criada nesta subseção da OAB de Três Lagoas, MS pelo nosso atual presidente, Antonio da Costa Corcioli, a COMCEVID /TL – Comissão de Enfrentamento e Combate a Violência Domestica e Familiar Contra a Mulher sob a coordenação da Advogada Simone de Siqueira Ferreira, que conjuntamente com nove advogadas desenvolvem este trabalho de acompanhamento de toda rede de apoio, atuando como elemento de interação e entidade fiscalizadora.

REDE DE APOIO

A função da comissão é buscar e efetivar um trabalho que sedimenta e seja a ligação entre todos os órgãos comprometidos com este resultado. O grupo constatou neste breve exercício das prerrogativas desta comissão que existe uma rede de apoio estruturada, porém não se comunica, não se interliga em seus objetivos, impedindo assim um resultado efetivo em prol desta proteção.
Para isso, no último dia 09 de março, os membros da COMCEVID foram empossados com 10 integrantes advogadas. A primeira ação das integrantes da comissão foi à criação de um encontro que terá a participação de vários setores sociais do município, onde será discutido o tema em questão.
O evento não terá como mote ministrar palestras, ou atos individuais, busca interação dos órgãos em busca da coletividade. “Será apenas uma mesa de debates na tentativa de conseguir o link necessário para que esta atuação administrativa conjunta se efetive e traga resultados futuros”, reitera a coordenadora da comissão. Várias autoridades já confirmaram a presença.

COMISSÃO

Confira os nomes das advogadas que integram a comissão: Simone de Siqueira Ferreira, Adercina Rosi Magni Léles, Letícia Oliveira Brandão, Cinara Maria Magalhães Leucas, Pâmela Batista Del Preto, Glaucia Elias de Souza, Suzana de Paula Bottaro, Leise Rafaelli Navas, Cristiane Servilha, Rozana de Oliveira Gomes. Eles serão as vozes ativas que vão acompanhar as ocorrências contra as mulheres, além de cobrar procedimentos das autoridades.

Mídia vinculada ao evento (Foto:Divulgação)

Solenidade no auditório  da OAB-Seccional Três Lagoas em que a comissão foi efetivada (Foto:Divulgação)

Comentários