02/05/2018 14h00

Também foram desenvolvidas ações específicas de Educação para o Trânsito

Redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a Operação “Dia do Trabalhador 2018” em todas as rodovias federais do país, da 0h de sexta-feira, dia 27 de abril até a 23h59 desta terça-feira, dia 01 de maio.

Para a redução de acidentes, principalmente os acidentes graves e garantir segurança e fluidez do trânsito, a fiscalização focou em ações para coibir o excesso de velocidade, o consumo de álcool por motoristas e as ultrapassagens indevidas. Também foram desenvolvidas ações específicas de Educação para o Trânsito.

Em mais de 3.670km de rodovias federais no Mato Grosso do Sul policiais trabalharam em revezamento diferenciado, aumentando a presença ostensiva em pontos críticos: com maiores índices de acidentes graves e infrações graves.

Nos cinco dias, a foram fiscalizados 6.118 veículos e 6.539 pessoas.

Em Educação para o Trânsito foram atingidas 2.136 pessoas com Cinema Rodoviário, Palestras e Abordagens Educativas.

A PRF registrou 27 retiradas de animais da pista de rolamento.

AUTUAÇÕES

As autuações por infração de trânsito somaram 4.665 no total; dessas 3.666 foram por excesso de velocidade.

Ultrapassagens proibidas somaram 154 autuações, 145 por ultrapassagem em faixa dupla; Não Uso de dispositivo de segurança (cinto de segurança e cadeirinha para crianças) somaram 125 atuações: Condutor sem Cinto de Segurança: 24; Passageiro sem Cinto de Segurança: 81; Criança sem a Cadeirinha: 20.

A PRF realizou 2.121 testes de alcoolemia (bafômetro) e por consumo de álcool, 26 motoristas foram autuados e 7 presos.

Foram registrados nas rodovias federais do Estado 25 (vinte e cinco) acidentes, sendo 5 graves (com feridos graves ou mortos), 41 pessoas feridas e um óbito nesse feriado, um atropelamento na BR-267 km 359, na sexta-feira, dia 27, em Maracaju/MS, onde uma mulher de 46 anos morreu no local.

Comparado ao mesmo período do ano passado (28/04/2017 a 02/05/2017), teve uma redução de 3,8% no total de acidentes. O número de acidentes graves permaneceu o mesmo. No ano passado foram 37 feridos, um aumento de 10% em relação a esse ano, 41. O número de mortos reduziu 66%, com três mortos no feriado do ano passado, que foi mais curto, com 4 dias de Operação.

(*) Assessoria de Comunicação

Também foram desenvolvidas ações específicas de Educação para o Trânsito (Foto/Assessoria)

Comentários