27/04/2016 10h11 – Atualizado em 27/04/2016 10h11

Os profissionais sempre indicam aos iniciantes ambientes asfaltados e lisos

Assessoria

O menino americano que desmontou os eixos de um par de patins e fixou as rodas em uma madeira em 1918 não imaginava que iria criar uma modalidade tão famosa anos depois. O skate se tornou um esporte tão praticado quanto o surfe e, desde sua criação, ganhou versões melhores e pranchas maiores.

Hoje em dia, os campeonatos e os próprios skatistas ganham mais visibilidade na mídia e conquistam o coração de quem é apaixonado por esportes radicais. Mas, afinal, quais são os primeiros passos para quem quer andar de skate? No começo, pode parecer um esporte difícil e arriscado, mas a aventura e a diversão são garantidas com as dicas certas.

1. Escolha um bom modelo de skate

Procure uma loja especializada e peça dicas de peças para os vendedores. Muitos deles são skatistas e vão te orientar a escolher os melhores modelos de prancha, rodinhas, trucks e rolamentos. Escolha sempre peças originais e de marcas conhecidas, pois são mais seguras e ajudam no desenvolvimento das manobras.

2. Use calçados adequados

Sola reta é o principal. Nada de tênis de molas. Para os skatistas, os tênis vulcanizados e cupsoles são os ideais. Os vulcanizados são mais leves e flexíveis e facilitam as manobras e movimentos no skate; já os cupsoles são mais espessos e têm um amortecimento maior, ideais pra quem gosta de saltar longas distâncias.

Entre as principais marcas, é possível citar Adidas, Vans, DC e Adio. Essas empresas são muito conhecidas e investem em modelos de tênis feitos especialmente para a modalidade de skate.

3. Equipamentos de segurança são essenciais

É muito importante o uso de equipamentos de segurança, principalmente para os iniciantes. Capacetes, cotoveleiras e tornozeleiras dão mais segurança para a execução das manobras e diminuir os riscos de ferimentos causados pelos clássicos primeiros tombos.

4. Configure a sua prancha

Peça ajuda aos seus amigos skatistas ou vá até uma loja para ajustar seu skate. No início, é comum que as peças tenham uma configuração diferente se comparada a dos equipamentos de quem pratica o esporte há muito tempo. Isso porque, você precisa de um skate mais “duro” no começo para aprender a se equilibrar em cima da prancha. As peças mais “frouxas” são usadas para executar manobras aéreas, pois deixam o skate mais leve, por exemplo.

5. Aprenda a andar em lugares adequados

Os profissionais sempre indicam aos iniciantes ambientes asfaltados e lisos. O ideal é procurar uma pista de skate mais próxima e começar a treinar o equilíbrio em cima do shape. Além disso, as pistas estão cheias de skatistas que podem te dar dicas e ajudar com os primeiros passos.

6. Antes de qualquer manobra, tenha certeza de que consegue se equilibrar

As manobras aéreas são de encher os olhos, mas primeiro você precisa aprender a se manter em cima do skate. Quando já tiver plena confiança e equilíbrio, tente as manobras mais simples e clássicas como a Ollie.

7. Cair faz parte, não desista!

Cair e se machucar fazem parte do aprendizado e da prática. Infelizmente, no início, e até quando estiver profissional no assunto, os tombos serão frequentes. Mas não desista, cada caída é uma história diferente para você lembrar

(*) Conversion

Cair e se machucar fazem parte do aprendizado e da prática. (Foto: Assessoria)

Comentários