Abertura do evento terá participação de Walter Schalka, presidente da Suzano, João Cordeiro, da AFRY (grupo do qual a Pöyry faz parte), e Paulo Hartung, presidente executivo da Ibá

Nos próximos dias 5 a 9 de outubro, a ABTCP — Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel – irá promover a 53ª edição do Congresso Internacional de Celulose e Papel com o 9º Colóquio Internacional sobre Celulose de Eucalipto (ICEP) em plataforma digital.

O evento realizado anualmente tem data reservada nas agendas de executivos e profissionais que atuam na indústria de base florestal, dada a relevância dos temas técnicos e das tendências de mercado apresentados por pesquisadores e especialistas do setor.

“Vamos reforçar, mais uma vez, a tradição dos Congressos promovidos pela ABTCP, trazendo os principais temas de interesse do setor, a partir de informações disponibilizadas por porta-vozes que são referências nacionais e internacionais”, ressalta Fernando Bertolucci, diretor executivo de Tecnologia e Inovação da Suzano e presidente do Congresso ABTCP 2020.

“A programação irá englobar pautas relacionadas a melhoramento e manejo, qualidade da madeira, biotecnologia florestal, novas tecnologias para polpação e branqueamento, circuito de recuperação, utilidades e produção de energia, produção de fibra de eucalipto de alta resistência para a produção de embalagens, melhorias ambientais e novas plataformas de desenvolvimento voltadas à bioeconomia”, detalha.

O evento terá início às 9h, da segunda-feira (5/10), e contará com a participação de Walter Schalka, presidente da Suzano, João Cordeiro, senior principal da AFRY Management Consulting, grupo do qual a Pöyry faz parte, e Paulo Hartung, presidente executivo da Ibá – Indústria Brasileira de Árvores –, discorrendo sobre as oportunidades e os desafios que a indústria de celulose e papel deverá encontrar no cenário pós-pandêmico.

O ABTCP 2020 será realizado concomitantemente à nona edição do Colóquio Internacional sobre Celulose de Eucalipto (ICEP), fórum importante para discussões sobre produção e utilização de celulose e energia a partir do eucalipto.

Viviane Nunes, coordenadora Técnica da ABTCP, informa que a realização do evento (que engloba palestras do ABTCP 2020 e do 9º ICEP) será remota neste ano, devido às limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus. Já a exposição de equipamentos e tecnologias que contemplam tal cadeia produtiva, que acompanha a realização do Congresso ABTCP a cada dois anos, foi postergada para 2021.

Ela pontua que, como organizadora do evento de tamanha expressividade ao setor, a Associação dedicou-se a encontrar as melhores soluções para manter o Congresso ABTCP no calendário deste ano, sem acarretar nenhum prejuízo aos participantes e, mais do que isso, agregar vantagens à edição atual. “A realização remota oferece a possibilidade de ampliar a participação do público a profissionais que atuam fora de São Paulo, local onde normalmente o Congresso ABTCP é promovido”, cita Viviane, ao comentar sobre as oportunidades geradas pela plataforma digital.

Além da transmissão ao vivo ao longo dos cinco dias de programação, a plataforma digital oferecerá recursos para interação entre os palestrantes e o público participante. A ferramenta também possibilitará o download de materiais informativos durante as apresentações.

Os congressistas ainda terão acesso a todas as palestras por até um mês após a realização do evento. “Certamente todos os aprendizados deste ano irão nos ajudar a organizar eventos ainda melhores nos próximos anos. Para a edição de 2021, pretendemos adotar o formato híbrido, com o retorno do encontro presencial e a manutenção da transmissão online”, revela a coordenadora Técnica da ABTCP.

Confira o programa completo em https://abtcp2020.org.br/programacao/.

Serviço — 53º ABTCP e  9º ICEP
Data: 5 a 9 de outubro de 2020
Horário: 9h às 17h (horário de Brasília)
Local: Plataforma digital ABTCP
Inscrições: https://abtcp2020.org.br/inscricoes/.

Comentários