22/05/2015 15h39 – Atualizado em 22/05/2015 15h39

Conforme informações policiais, o grupo está associado ao tráfico e agia de forma ameaçadora e violenta contra algumas pessoas no município, exigindo o pagamento de dívidas de droga.

Fábio Jorge

A Polícia Civil de Bataguassu – MS desencadeou a Operação REPETUNDIS, que resultou na prisão de cinco pessoas e na apreensão de um menor de 17 anos, além de drogas e armas de fogo.

A operação iniciou no início deste mês, após denúncias apontarem um grupo criminoso cometendo o crime de extorsão e agindo de forma ameaçadora e violenta contra algumas pessoas no município. Conforme informações policiais, o grupo está associado ao tráfico e agia dessa forma exigindo o pagamento de dívidas de droga.

Em cumprimento às ordens judiciais, nesta sexta-feira (22), os policiais realizaram a prisão de quatro homens, uma jovem de 19 anos e um adolescente de 17 anos sendo: J.C.M.A, conhecido como “Joãozinho”, A.R.C.S, vulgo “Gordinho”, W.S.S, o “Avatar” e sua amásia T.R.A. além de A.H.S, o “Bataclava”. Outro jovem identificado é A.F.S, vulgo “Cabeção”, que conseguiu fugir e até o momento não foi capturado.

Ao cumprir o mandado, os civis realizaram buscas na casa de “Gordinho”, encontrando 11 papelotes de crack, ficando caracterizado o crime de tráfico de entorpecentes. Na residência do acusado “Avatar” foram localizados seis gramas da mesma droga, além de duas porções já prontas para serem comercializadas, que estavam em posse da jovem.

Na casa de “Cabeção”, foi apreendida uma bicicleta avaliada em R$ 3 mil, furtada em Presidente Epitácio – SP, no início do mês. O último mandado foi cumprido em desfavor de “Bataclava”, que já se encontra preso no Estabelecimento Penal da cidade. Segundo a polícia, o detento seria o mandante das ações do grupo.

SOBRE A OPERAÇÃO

Participaram da Operação REPETUNDIS (extorsão, em latim), delegados e agentes das Delegacias das cidades de Batayporã, Anaurilândia e Nova Andradina, onde, possivelmente o grupo possa ter feito vítimas também.
A delegacia de Polícia Civil de Bataguassu orienta as pessoas que foram vítimas de algum dos integrantes do grupo a registrar queixa e informar à polícia sobre as ações sofridas, a fim de punir os responsáveis por estes crimes e identificar outras pessoas ligadas à quadrilha.

Os acusados foram encaminhados para a delegacia de Bataguassu. (fotos: Polícia Civil)

Material apreendido na casa dos jovens, além da bicicleta furtada e drogas. (foto: divulgação

A.H.S, vulgo

A.F.S, vulgo

Comentários