08/04/2014 17h00 – Atualizado em 08/04/2014 17h00

Uma dívida de aproximadamente R$ 800 se tornou um “acerto de contas” que acabou com a vida Washington Freitas de Oliveira, 22 anos. O crime, ocorreu na tarde de sexta-feira (4), em Aparecida do Taboado

Da Redação

Uma dívida de aproximadamente R$ 800 se tornou um “acerto de contas” que acabou com a vida Washington Freitas de Oliveira, 22 anos. O crime, ocorreu na tarde de sexta-feira (4), na rua Marcolino Teixeira de Queiroz, no Centro da cidade, próximo a Agência dos Correios.

De acordo com o delegado Dr. Lúcio Fátima de Barros, o jovem foi alvejado por dois tiros e morreu no local. Um disparo acertou o braço e o outro a região do tórax.

Ainda conforme informações da Polícia Civil, antes de cometer o crime, o acusado havia feito várias ameaças à Washington. “A vítima já havia procurado a Delegacia para prestar uma ocorrência de ameaça, onde apresentou um celular com várias mensagens que vinha recebendo de D.S.P”, informou.

Após o homícidio, o suspeito fugiu da cidade e agora encontra contra ele um mandado de prisão preventiva, autorizado pelo Ministério Público. Ainda de acordo com o delegado, um advogado apresentou o suspeito como sendo o seu cliente e garantiu que ele irá se entregar. Caso isto não ocorra, a Polícia Civil iniciará diligências à sua procura.

(*)Com informação de Costa Leste News

O jovem foi alvejado por dois tiros e morreu no local. Um disparo acertou o braço e o outro a região do tórax (Foto: Mariele Machado)

Comentários