19/11/2006 16h45 – Atualizado em 19/11/2006 16h45

Estadão.com.br

 Estados Unidos e Rússia assinaram neste domingo o acordo bilateral que abre aos russos o caminho para sua entrada na Organização Mundial do Comércio (OMC). O acordo foi assinado em Hanói, sede da cúpula do Fórum de Cooperação Econômica Ásia Pacífico (Apec), pela representante de Comércio Exterior dos EUA, Susan Schwab, e o ministro de Economia e Comércio russo, Herman Gref. “A entrada da Rússia na OMC é de interesse da Rússia e também dos Estados Unidos”, disse Schwab, após a assinatura do acordo.

O acordo bilateral permite que as exportações russas se beneficiem das tarifas desfrutadas pelos produtos dos membros da OMC, e ao mesmo tempo obriga a Rússia a seguir regras comerciais estabelecidas pelo organismo multilateral.

Para que o pacto entre em vigor, ele precisa ser ratificado pelo Congresso americano, que deverá suprimir uma série de restrições comerciais em relação à Rússia, como a emenda Jackson-Vanik, que existe desde os tempos da extinta União Soviética.

Schwab indicou que, durante o processo de negociação, seu escritório esteve em contato direto com comitês da Câmara Baixa e do Senado para debater o assunto.

Desde 1994, o governo russo negocia sua incorporação ao organismo internacional com os EUA e com os outros membros da OMC.

Comentários