25/01/2012 10h34 – Atualizado em 25/01/2012 10h34

O produto atingiu US$ 650,71 milhões no ano passado

Correio do Estado

Nos últimos dois anos, o açúcar se solidificou como um dos maiores responsáveis pelo crescimento das exportações de Mato Grosso do Sul, que bateram recorde ano passado. Mesmo com uma tendência ainda voltada à produção de etanol, o açúcar atingiu US$ 650,71 milhões em exportações ano passado, se consolidando como segundo produto no ranking regional.

A quantia arrecadada com a venda do açúcar no mercado externo quase dobrou entre 2010 e 2011, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O montante passou de US$ 331,06 milhões para US$ 650,711 milhões, aumento de 96,55%, passando de quarto para segundo na lista de principais produtos exportados.

Em linhas gerais, 2011 foi marcado por um alto valor nas commodities, que auxiliou também a soja, única acima do açúcar nas exportações sul-mato-grossenses, com US$ 695,525 milhões.

O açúcar representou 16,62% de todo o faturamento do Estado com as vendas para outros países, superando a participação de produtos como a carne bovina.

Comentários