28/02/2012 08h48 – Atualizado em 28/02/2012 08h48

Prefeito responsabilizou deputado por atentado a tiros contra sua casa

Campo Grande News

O deputado estadual Diogo Tita (PPS) interpela na Justiça o prefeito de Paranaíba, José Garcia de Freitas, o Zé Braquiara (PDT), que responsabilizou o deputado pelo atentado a tiros contra sua casa.

O ataque foi no último dia 18, em Paranaíba. De acordo com o advogado de Tita, André Borges, a interpelação foi feita no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) porque o prefeito tem foro privilegiado.

Após o atentado, em entrevista, Zé Braquiara afirmou que foi vítima de crime político. Tita é ex-prefeito de Paranaíba. “O cara que faz isso é covarde. Não é homem. É coisa de politiquinho safado que tem em Paranaíba. Neste caso, mandaria prender o deputado. Ele é baixo em tudo”, afirmou o prefeito.

Na ocasião, Zé Braquiara ressalta que o seu principal adversário político é o deputado Diogo Tita, mas alega que ele está fora da briga, pois é “ficha suja”.

Por sua vez, o deputado afirma que ainda não decidiu se será candidato e negou envolvimento no atentado e que esteja impedido de concorrer às eleições municipais por não se enquadrar nos critérios da “Ficha Limpa”.

A Polícia Civil colocou em sigilo as investigações sobre a autoria dos tiros contra a casa do prefeito. O atirador fez disparos na porta da residência do prefeito, também conhecido como Zé Braquiara, por volta das 22h30 do dia 18, um sábado.

Porém, ninguém ficou ferido, pois o prefeito e a família tinham saído para o Carnaval. Os buracos de bala na porta só foram vistos na manhã do domingo (19).

Comentários