29/08/2014 11h07 – Atualizado em 29/08/2014 11h07

De acordo com a Polícia, o acusado também é suspeito de outras mortes

Larissa Lima

A Polícia Civil de Nova Andradina, por meio do SIG (Serviço de Investigação Geral) prendeu ontem (28), na Vila Operária, Douglas Ferreira de Barros, de 31 anos, condenado há 18 anos e oito meses pela morte do policial civil Anézio Dias da Silva, de Primavera – SP.

Segundo a Polícia, o crime foi cometido em 22 de março de 2005, época em que o acusado, que é natural de Batayporã, residia em Primavera – SP. O policial foi morto por Dodô, como é conhecido o acusado, quando investigava ação de criminosos na região.

O mandado de prisão expedido pela comarca de Rosana – SP e após a prisão o acusado será encaminhado para a comarca de Primavera – SP.

O homem foi preso por um crime cometido em 2005, no estado de São Paulo (Foto: Jornal da Nova)

Comentários