15/11/2014 12h50 – Atualizado em 15/11/2014 12h50

Quase 100 papelotes foram apreendidos com um menor de 17 anos, indicado por um grupo de jovens como traficante

Léo Lima

Um adolescente de 17 anos foi apontado por “colegas” como vendedor de drogas e a Polícia Militar fez a apreensão dele e ainda de 99 “paradinhas” que estavam em sua posse. O acusado atendia as “encomendas” pelo aplicativo WhatsApp.

O fato ocorreu na madrugada deste sábado (15), durante operação do 2º Batalhão de Polícia Militar para combater o tráfico de drogas em Três Lagoas. A ocorrência foi registrada na frente de uma casa de shows, pelas equipes da Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior).

Segundo informações, a ação foi desencadeada em um estabelecimento localizado na Avenida Jari Mercante. no bairro Jardim Alvorada. Um grupo de pessoas que estava na frente do estabelecimento foi abordado e com eles foram localizados 99 papelotes de cocaína que já estavam sendo comercializadas naquele espaço.

Entre os suspeitos abordados – que ao avistarem a polícia tentaram abandonar algo no chão – estavam dois menores de 15 anos, um de 16 anos – que portava em sua meia um papelote de cocaína – outro adolescente de 17 anos e um maior de idade, C.A.M, de 27 anos.

Durante o interrogatório da PM, todos afirmaram que o dono da droga seria o adolescente de 17 anos, que foi apreendido e levado juntamente com os materiais para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Dois do grupo que estava com papelotes de cocaína; somente um deles ficou detido na Depac (Foto: TL Notícias)

Parte das

Comentários