02/06/2019 07h50

Trabalhos já começaram, com treinos de largada das principais categorias do MX; provas oficiais começam às 9h40

Gisele Berto

Chegou a hora. Depois de um sábado de sol intenso e muita emoção nas pistas, o traçado do ArenaMix amanheceu encoberto pela névoa – como um teatro com a cortina fechada, se preparando para o grande espetáculo.

Hoje é o dia em que as principais categorias do motocross nacional tomam as pistas. Os treinos de largada já começaram e os motores já estão roncando alto.

As provas oficiais – que contam pontos para o Campeonato Brasileiro – começam às 9h40, as motos da categoria MX3. Serão 20 minutos e mais voltas.

Depois, às 10h15, é a vez da categoria 65cc, com 15 minutos + 2 voltas.

Às 11h35 entram na pista as categorias MX2 e MX2JR, com 30 minutos + 2 voltas de corrida. O MX1 começa a briga às 12h35, também com 30 minutos + 2 voltas.

Depois é a vez do MXJR, às 13h25. A categoria de 50cc entra na pista às 14h.

As categorias Elite MX, MX1 e MX2 encerram as competições às 15h.

COMO SERÁ A LINHA DE LARGADA

O piloto Jetro Salazar venceu a classicatória da MX1 de ontem e terá a prioridade de escolha no gate de largada das provas de hoje.

Com a motocicleta Honda CRF 450R, o equatoriano assumiu a ponta logo no começo e manteve a posição até o final. “Fiz uma boa largada e segui em um ritmo muito forte. Sabia que seria uma prova sofrida por causa do calor de 36 graus na pista. Estou feliz que começamos bem a etapa”, conta Salazar.

Atual líder da categoria, Hector Assunção fez o holeshot, mas terminou a corrida para motos de 450cc na terceira colocação. “Essa bateria classificatória é uma novidade para a gente aqui no Brasil. Foi muito positiva para tirar aquela ansiedade de uma primeira largada”, ressalta o paulista.

Na MX2, os pilotos também encararam uma corrida de 20 minutos, mais duas voltas. “O formato é muito bom, parecido com o do Mundial. A gente fica mais tranquilo para as corridas que valem pontos de verdade”, destaca Lucas Dunka. Ele terminou a prova classificatória na segunda colocação, com a Honda CRF 250R. A vitória ficou com Fábio Santos, da Yamaha Monster Energy Geração.

COMO ESTÁ A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

MX1

  1. Hector Assunção / 47 pontos – Honda
  2. Carlos Campano / 45 pontos – Yamaha
  3. Jetro Salazar / 42 pontos – Honda
  4. Jean Ramos / 34 pontos – bLU cRU
  5. Paulo Alberto / 34 pontos – Yamaha

MX2

  1. Fabio Santos / 47 pontos – Yamaha
  2. Fredy Spagnol / 45 pontos – Pro Tork O2BH Kawasaki BW3 Racing
  3. Leonardo Souza / 40 pontos – Honda
  4. Lucas Dunka / 38 pontos – Honda
  5. Leo Cassarotti / 32 pontos

Promocional Elite MX

  1. Hector Assunção / 25 pontos
  2. Jetro Salazar / 22 pontos
  3. Carlos Campano / 20 pontos
  4. Jean Ramos / 18 pontos
  5. Fabio Santos / 16 pontos

Jetro Salazar venceu as classificatórias do MX1 ontem e terá prioridade na escola do gate de largada. Foto: Idário Café/Mundo Press

Comentários