17/10/2013 08h00 – Atualizado em 17/10/2013 08h00

Deputado Akira Otsubo solicita no Ministério da Educação criação de Instituto Federal em Bataguassu e Cassilândia

Na reunião com Hackbart, Otsubo explicou que os campi vão possibilitar a educação profissional necessária para o desenvolvimento das cidades

Da Redação

O deputado federal Akira Otsubo solicitou, na tarde de ontem (16/10), ao assessor especial do Ministro da Educação, Rolf Hackbart, a criação dos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS) nos municípios de Bataguassu e Cassilândia.

O pedido é complementar aos Projetos de Lei 5584/2013 e 5738/2013, apresentados pelo parlamentar federal na Câmara dos Deputados, que autorizam o Governo federal a instalar os IFMS nestas localidades.

Na reunião com Hackbart, Otsubo explicou que os campi vão possibilitar a educação profissional necessária para o desenvolvimento das cidades, ressaltando que Bataguassu criou recentemente Zona de Processamento de Exportações (ZPE). “A região receberá importantes investimentos e a unidade de ensino vai gerar força de trabalho qualificada e preparada para impulsionar o desenvolvimento”, completando que a cidade de Cassilândia “tem produção expressiva e possui resultados significativos no que tange ao PIB per capita. Além disso, possui atividade econômica aquecida, necessitando de profissionais qualificados para atender à demanda, que a cada dia é maior”.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS), criado pela Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, integra o programa expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, do Ministério da Educação. Possui natureza jurídica de autarquia e detém autonomia administrativa, financeira, patrimonial, didático-pedagógica e disciplinar. É uma instituição de educação superior, básica e profissional, multicampi e pluricurricular, especializada na promoção da educação profissional e tecnológica.

(*)Com informações de Assessoria de Comunicação

O pedido é complementara Projetos de Lei, que autorizam o Governo federal a instalar os IFMS nestas localidades (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários