09/09/2008 16h53 – Atualizado em 09/09/2008 16h53

Criminoso, o acidente que resultou no descarrilamento do trem da América Latina Logística (ALL) de Três Lagoas, por volta das 18 horas, do sábado (06), provocou um prejuízo de R$ 100 mil, na Região.

De acordo com o supervisor de tração da ALL, Jansen da Silva Delamare, no momento do descarrilamento, 45 vagões com soja seguiam de Campo Grande para Bauru/SP, com destino final ao Porto de Santos/SP.

“Já haviam passado duas locomotivas e 09 vagões de soja. O fato ocorreu durante a passagem do décimo vagão. Tudo indica que alguém, – não colaborador manuseou o Aparelho de Mudança da Via (AMV) disposto na linha férrea, o que alterou o sentido dos trilhos, ocasionando o descarrilamento dos veículos ferroviários”, explicou. “O ato foi criminoso”, lamentou.

Delamare completa: “O responsável é inconseqüente. Cada veículo ferroviário comporta até 80 toneladas, o descarrilamento dos vagões poderia ter causado a morte de vários pais de família. Mas graças a Deus ninguém se feriu”, desabafou.

Há 72 horas, a equipe da ALL intensifica o trabalho de reestruturação da linha férrea que deverá ser finalizado hoje (09).

O trecho será liberado está semana.

Comentários