09/03/2012 09h55 – Atualizado em 09/03/2012 09h55

Alta do IPCA desacelera em fevereiro a 0,45%–IBGE

Rodrigo Viga Gaier, da Reuters

A inflação oficial brasileira perdeu força em fevereiro, atingindo o seu menor patamar em cinco anos para o período. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,45 por cento no mês passado, após alta de 0,56 por cento em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

É o menor nível desde fevereiro de 2007, quando o índice registrou variação positiva de 0,44 por cento.

No acumulado de 12 meses, o IPCA avançou 5,84 por cento no mês passado, ante uma alta acumulada de 6,22 por cento em janeiro. Trata-se da menor taxa desde novembro de 2010, quando ficou em 5,63 por cento.

Analistas ouvidos pela Reuters previam que o indicador teria alta de 0,44 por cento em janeiro, segundo a mediana de 37 previsões, com as estimativas entre 0,35 e 0,50 por cento. Para o acumulado em 12 meses, a mediana apontava alta de 5,84 por cento, com estimativas entre 5,70 e 5,90 por cento.

O IPCA é referência para a meta oficial de inflação, de 4,5 por cento ao ano, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

ALIMENTOS

De acordo com o IBGE, dos nove grupos pesquisas, cinco mostraram menor força nos preços. Os que mais influenciaram a redução do IPCA em fevereiro foram o de Alimentação e bebidas -cuja alta em fevereiro ficou em 0,19 por cento, frente a 0,86 por cento de janeiro- e o de Transportes, com deflação de 0,33 por cento em fevereiro, ante uma alta de 0,69 por cento no mês anterior.

Outros grupos também mostraram reduções de preços no mês passado, como Vestuário -de 0,23 por cento por causa do período de liquidações- e Comunicação, com 0,17 por cento.

Comentários