05/05/2015 18h20 – Atualizado em 05/05/2015 18h20

A matéria teve grande repercussão em Três Lagoas, uma vez que a jovem utilizou de fontes populares para a construção textual.

Da Redação

A aluna do segundo ano do curso de Jornalismo da AEMS, Augusta Rufino, ficou em segundo lugar no 7ª prêmio Sebrae de Jornalismo. Concorrendo na categoria webjornalismo, Augusta abordou a história de microempreendedores três-lagoenses que se formalizaram e hoje são microempreendedores individuais legalizados.

“Eu estava fazendo um freela em um jornal e decidi participar desse concurso com uma matéria. Pensei em vários temas ligados ao empreendedorismo e liguei no Sebrae. Eles indicaram alguns microempreendedores individuais e inicie a produção do texto”, reforça Rufino.

A matéria teve grande repercussão em Três Lagoas, uma vez que a jovem utilizou de fontes populares para a construção textual. Segundo Augusta, o curso de Jornalismo está contribuindo muito na sua formação. “Sou apaixonada por histórias de vida e a faculdade está me proporcionando maravilhas. Pretendo trabalhar com jornalismo literário”.

Para o coordenador do curso de jornalismo da AEMS, Rafael Furlan, esse prêmio representa muito na carreira da futura jornalista e também na excelência do curso. “Buscamos apresentar aos alunos todos os concursos da área. A Augusta desde o primeiro ano tem mostrado interesse em pesquisar, participar de ações e eventos. Em 2014 ela participou do congresso de iniciação científica da AEMS, com um trabalho que foi muito elogiado pela comissão avaliadora”.

Para ler a matéria, basta clicar no link: http://www.perfilnews.com.br/noticias/tres-lagoas/conheca-a-historia-de-microempreendedores-que-fizeram-uma-boa-escolha-em-se-formalizarem .

(*) Jornalismo AEMS

A aluna do segundo ano do curso de Jornalismo da AEMS, Augusta Rufino, ficou em segundo lugar no 7ª prêmio Sebrae de Jornalismo. (Foto: Assessoria)

Comentários