28/08/2008 17h10 – Atualizado em 28/08/2008 17h10

Assessoria de Comunicação

Estudo e muita dedicação. Essa foi a receita que levou o aluno de Três Lagoas, Wendel Aparecido Martins, 14 anos, junto com mais cinco estudantes a conquistarem uma vaga na segunda fase do Projeto Nacional “Viagem do Conhecimento”.

Wendel, juntamente com os colegas, todos alunos da Escola Municipal São João, fizeram, no último dia 15 de agosto, a prova da primeira fase do Projeto intitulado: “Viagem do Conhecimento – Desafio National Geographic”, que é realizado pela Editora Abril.

O Projeto, que na verdade é uma grande competição estudantil, busca revelar o conhecimento dos jovens estudantes brasileiros, principalmente na disciplina de Geografia.

Aberto a nível Nacional, o Projeto chamou atenção da direção e coordenação da Escola São João, que decidiram inscrever os alunos do 8º e 9º ano da escola.

“Como o grande objetivo desse projeto é fazer com que os estudantes conheçam o país mais a fundo e comecem a despertar para o que chamamos de viagem cultural, a direção e coordenação da escola entenderam que essa seria uma ótima oportunidade para o enriquecimento de bagagem cultural dos alunos”, explica a professora de Geografia Luciene Silva, uma das incentivadoras dos alunos.

Ao todo, oitenta (80) oitenta alunos da Escola São João fizeram a prova da Primeira Fase. Desses, seis acertaram entre 16 e 20, das 30 questões da prova, conseguindo assim, nota suficiente para garantir uma vaga na segunda fase do Projeto, que será disputada em Campo Grande, no dia 27 de setembro.

Nessa fase, apenas 40 estudantes de todo Brasil vão ser selecionados, através das notas obtidas nas provas, para seguirem rumo à terceira e última fase, de onde sairá o aluno vendedor.

“Ainda não sabemos quantos alunos, assim como os estudantes de nossa escola, passaram para a segunda fase. Não sabemos quantos ainda estão na disputa, mas estamos otimistas. Nossos alunos estão sendo bem preparados, e incentivados”, ressalta a professora.

O aluno que vencer a competição estudantil irá receber uma viagem cultural pelo Brasil, com direito a levar os pais e o professor, além de uma bolsa de estudos.

“Claro que se o grande campeão desse Projeto for de nossa escola ficaremos muito felizes. Será uma realização para toda equipe que está empenhada nesse trabalho. Mas para nós, só o fato deles estarem na segunda fase, e estarem adquirindo tantos conhecimentos, já é um grande prêmio”, finaliza a professora.

Para o aluno Wendel, que está entre os seis finalistas da escola São João, e obteve a melhor nota, a primeira fase foi difícil e a segunda cobrará ainda mais conhecimentos e atenção.

“A primeira fase foi complicada. Sabemos que a segunda será ainda mais. O nível das questões torna-se mais complexo. Mas estamos estudando bastante e sei que isso faz a diferença”, conclui o aluno, que pensa no futuro, e apega-se a possibilidade de ganhar a bolsa de estudos e garantir sua tão sonhada faculdade.

“Quero ser Jornalista ou talvez Publicitário. Não sei se minha família terá condições de me ajudar nos estudos, por isso estou me apegando firme na possibilidade de conseguir o primeiro lugar nesse Projeto. Quem sabe não seja ela a porta aberta para o meu tão sonhado jornalismo”, finaliza o aluno, que assim com seus colegas conta com todo apoio, não só da Escola São João, mas de toda a comunidade.

Comentários