08/03/2012 18h02 – Atualizado em 08/03/2012 18h02

Amado e Marli Moura fizeram bonito nos EUA e conseguem trazer troféus de campeões do The Arnold Sports Festival, realizado em Columbus, Ohio

Evento reuniu cerca de 200 mil pessoas por dia. O atleta Amado Moura teve cinco meses de preparação, mantendo dieta para emagrecer 20 quilos.

Adriano Vialle

O três-lagoense Amado Moura e sua esposa Marli Moura representaram o Brasil mais uma vez em um campeonato internacional nos Estados Unidos. Do dia 1º ao dia 4 de março o casal participou do The Arnold Sports Festival, em Columbus, Ohio, EUA, com seu patrono, o ator e ex-governador Arnold Shuazeneger, conseguindo trazer troféus da competição de fisiculturismo.

Amado ficou em 2º lugar, disputando com 600 fisiculturistas de todo o mundo. Sua esposa Marli disputou com outras 20 mulheres e também conquistou o 2º lugar da modalidade.

O evento é considerado grandioso, mas desconhecido no Brasil. No mundo, é classificado como um dos maiores festivais simultâneos, com disputas e competições que vão da dança a espetáculos circenses e lutas. Mas a principal atração é o fisiculturismo.

O festival de esportes teve classificações A: até 1,75m de altura B: até 1,80m e C: acima de 1,80m.

Amado informou à reportagem do Perfil News que só atletas de elite participam da convocação. Porém o brasileiro ficou indignado com o resultado, alegando que o primeiro colocado, um paraguaio, não cumpriu as regras de medições. “Tenho esperança de conseguir a primeira colocação, foi muito importante a participação nesse festival estou muito contente”, disse.

No ano de 2011 Amado ficou na 3ª colocação do festival. “Esse ano fui em busca da 1ª colocação, porém aconteceu esses imprevistos”. No ano passado Marli ficou com a 6º colocação e neste ano subiu e conquistou a 2ª posição. “Estou muito feliz, aumentei minha classificação”, disse.

O evento reuniu cerca de 200 mil pessoas por dia. O atleta três-lagoense teve cinco meses de preparação, mantendo sua dieta para emagrecer 20 quilos. Amado recla da pouca visibilidade que o esporte ainda tem no Brasil. “Não recebemos apoio, não temos incentivo, falta ajuda financeira, esse esporte precisa receber melhor destaque em nosso país. No próximo ano há grandes chances do Arnold Sports Festival acontecer no Brasil”, disse.

Amado e Marli já foram convocados para participarm no Arnold Sports Festival em Outubro em Madri, Espanha. Amado ganhou em 2010 o título de campeão mundial, campeão brasileiro e sul americano.

Amado e Marli exibem troféus do The Arnold Sports Festival. (Foto: Jean Martins)

Comentários