27/05/2015 15h57 – Atualizado em 27/05/2015 15h57

O deputado solicita a presença temporária de um destacamento da tropa de choque como forma de inibir a ação dos marginais

Fábio Jorge

A segurança pública em Três Lagoas é uma preocupação constante das autoridades estaduais. O deputado Angelo Guerreiro manifestou sua apreensão quanto ao assunto na sessão desta quarta-feira, 27 de maio, quando solicitou, através de expediente aprovado pelo parlamento estadual, ao Secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula, ao Secretário de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf e ao Coronel Marcos Paulo Gimenez, do 19º Batalhão de Polícia de Choque, a destinação de uma equipe do Batalhão de Choque para que, de forma temporária, atenda o município de Três Lagoas.

Segundo Guerreiro, a população está alarmada com o aumento da violência e, através da totalidade de seus representantes, solicita a presença temporária de um destacamento da tropa de choque como forma de inibir a ação dos marginais que, valendo-se da proximidade com outros estados, atacam em todas as cidades fronteiriças. Conforme o parlamentar, Três Lagoas teve um aumento e continua crescendo no número de assaltos e outros crimes.

“O Estado vem intensificando e aumentando as operações de capturas e apreensão de contrabando nas estradas, e com um policiamento mais velado, conseguiremos reduzir as ocorrências também na cidade, por estas razões, precisamos contar com essa tropa especializada”, disse Angelo Guerreiro ao lembrar que “a equipe de Choque amplia o trabalho dos policiais que já trabalham intensamente em Três Lagoas, mas em número reduzido, considerando que há deficiência no efetivo. A tropa de choque vai tranquilizar nossa sociedade com a redução das ações dos criminosos que serão presos ou se sentirão intimidados em continuar agindo na nossa cidade”, completou

(*) Assessoria de Imprensa

Além de infraestrutura, saúde e educação, segurança também está entre os pedidos de Guerreiro para Três Lagoas. (foto: Divulgação)

Comentários