25/04/2016 12h19 – Atualizado em 25/04/2016 12h19

A Assembleia Legislativa vai encaminhar documento ao Governo do Estado, aprovado em Plenário, solicitando a antecipação dos investimentos em esgotamento sanitário em Selvíria.

Assessoria

A Assembleia Legislativa vai encaminhar documento ao Governo do Estado, aprovado em Plenário, solicitando a antecipação dos investimentos em esgotamento sanitário em Selvíria. O pedido foi feito pelo deputado Angelo Guerreiro atendendo solicitação da sociedade através do vereador Juninho de Souza.

Os documentos foram encaminhados pelo Poder Legislativo ao Secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula, e ao Diretor Presidente da Sanesul, Luiz Carlos da Rocha Lima, e fala da necessidade dos investimentos ainda este ano uma vez que o município de Selvíria ainda não foi atendido com o sistema de esgoto.

Conforme justificativa, a Sanesul opera o sistema de abastecimento de Selvíria desde a década de 80, quando ainda era distrito de Três Lagoas. Apesar da concessão ter sofrido um intervalo de cerca de oito anos, a empresa de abastecimento do Estado já está operando desde meados de 2013, cujo contrato deve durar 30 anos. Angelo Guerreiro lembrou que, a título de contrapartida, a Sanesul ficou responsável também por reestruturar o sistema de abastecimento de água e a urbanização da área do poço localizado no centro da cidade, onde está um reservatório elevado metálico desativado e que poderia transformar-se em um cartão postal histórico.

Segundo o deputado Angelo Guerreiro, a previsão contratual de investimentos no sistema de esgotamento sanitário deveria acontecer somente no sexto ano, ou seja, em 2019, mas está solicitando o adiantamento no início das obras para 2016. O Parlamentar disse que a Sanesul está promovendo reformas e reestruturação no sistema de abastecimento e do escritório central em Selvíria, mas enfatizou que, de toda a região do Bolsão onde a Sanesul administra o sistema, apenas Selvíria não conta com sistema de esgotamento sanitário, obra considerada de grande importância para o meio ambiente e a saúde dos cidadãos.

(*) Assessoria de Comunicação – Deputado Angelo Guerreiro

Comentários