26/10/2015 10h20 – Atualizado em 26/10/2015 10h20

As melhorias serão destinadas às escolas estaduais das cidades em relação à ensino e segurança

Assessoria

O deputado estadual apresentou indicações que atendem aos anseios dos moradores de Aquidauana e Anastácio, municípios da região pantaneira de Mato Grosso do Sul. Conforme a justificativa do parlamentar, as melhorias beneficiarão, principalmente, os alunos das escolas estaduais das cidades, melhorando a qualidade do ensino e a segurança nas escolas.

Para Anastácio, Angelo Guerreiro apresentou o pedido da Presidente do Colegiado, Fabiana Eloi Gazote e a Presidente da Associação de Pais e Mestres da Escola Estadual Carlos Drummond de Andrade, Eliane D. Andrade, que solicitam a aquisição e destinação de 20 computadores para atender os alunos. O deputado estadual encaminhou a indicação ao Secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula.

Vale lembar que é obrigatoriedade, conforme Legislação Educacional, o uso da Sala de Tecnologia diariamente por todas as turmas em funcionamento escolar. “Mas como o número de computadores é reduzidíssimo, temos que agrupar os alunos em até três por máquina, abortando a qualidade do ensino”, esclareceu a diretora da escola, Eliane Andrade. “E o principal objetivo, que é promover o uso tecnológico, se perde”, justificou Guerreiro.

AQUIDAUANA

Também ao Chefe da Casa Civil, Sérgio de Paula, Angelo Guerreiro solicitou empenho na liberação de recursos para construção de um alambrado na Escola Estadual Prof. Dóris Mendes Trindade, em Aquidauana. A diretora, Marinete dos Santos Batista Silva, justifica que o pátio escolar é amplo, permitindo que os alunos menores fiquem distantes do saguão no intervalo. A ideia é tornar o local seguro, separando os espaços da sala de aula e da quadra de esportes, amenizando os riscos de acidentes.

À Escola Estadual Cel. Antônio Trindade, também de Aquidauana, Angelo Guerreiro solicitou a reforma e ampliação, pedido da comunidade escolar liderada pela diretora Marina Brites. Segundo a diretora, a escola tem 330 alunos, divididos em 14 turmas, distribuídas em 07 salas de aula, ou seja, 07 turmas no período matutino e 07 no vespertino. Acontece que, por falta de espaço, desde 2011 três salas funcionam em uma extensão, um imóvel locado, em frente à sede. Um conjunto habitacional com 200 residências – Cristóvão de Albuquerque – foi inaugurado nas imediações e aumenta a demanda a cada ano. “Uma das salas de aula, de 19m², funciona na varanda do imóvel alugado com divisórias improvisadas, forro de pinus e para agravar ainda mais a situação, atende alunos com necessidades especiais prejudicados pela temperatura alta, chuva e frio”, disse Guerreiro.

A diretora pontua a necessidade de mais três salas de aula além da reforma para adaptar as salas antigas com ventilação adequada. Conforme Guerreiro, a escola necessita também da construção de salas para coordenação, depósito, reforma de banheiros e cobertura da quadra poliesportiva. O deputado sugeriu que os benefícios sejam inseridos no orçamento de 2016. As indicações ao município de Aquidauana também foram encaminhadas à Secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta.

(*) Assessoria de Imprensa do dep. Angelo Guerreiro

Uma das reivindicações apontadas pelo deputado estadual Angelo Guerreiro, é  para construção de um alambrado. (Foto: Assessoria)

Comentários