04/09/2019 15h38

Mais tradicional clube da cidade, o TLC foi palco da história de festas glamurosas; com o clube extinto, a construção está abandonada há mais de uma década. Moradores reclamam de focos de dengue e reportagem do Perfil News foi atrás para descobrir a real situação do local

Gisele Berto

Ele recebeu bailes de carnaval memoráveis, festas de arromba e foi ponto de encontro da sociedade três-lagoense por muito tempo.

No entanto, atolado em dívidas, o antigo Três Lagoas Clube foi extinto, deixando de existir como pessoa jurídica. O espaço, em área nobre da cidade, foi colocado a leilão – posteriormente, suspenso por equívocos jurídicos.

Pouco depois, a área foi novamente comprada por empresários locais por R$ 2,5 milhões.

Apesar de ter dono – e até um funcionário que cuida da limpeza do terreno e poda de árvores – o ex-TLC ainda causa dor de cabeça na vizinhança. O Perfil News foi alertado sobre a possibilidade do local (mais especificamente, suas piscinas) ser potencial criador de mosquitos da dengue.

A reportagem do Perfil News subiu o drone para ver a realidade de cima. De fato, a área está bastante limpa, mas as piscinas estão esverdeadas. Veja no vídeo abaixo.

De acordo com o advogado dos atuais donos da área, Nivaldo da Costa Moreira, não há possibilidade das piscinas darem espaço às larvas do Aedes aegypti, porque os novos administradores tomaram uma decisão inusitada: encheram as piscinas de peixes, que comem as larvas.

Para garantir a sobrevivência dos peixes, a água recebe oxigenação. Parece que a ação está dando certo. Em contato com a Secretaria de Saúde, a reportagem do Perfil News descobriu que o bairro Vila Nova, onde fica o TLC, não registrou nenhum foco de dengue no último levantamento, realizado em julho (os números de agosto ainda não estão fechados).

SITUAÇÃO DO CLUBE

Para entender o imbróglio jurídico de que o ex-TLC foi parte, o Perfil News conversou com o advogado, que contou um pouco da história de glórias e dívidas do clube. Acompanhe no vídeo abaixo.


Área do extinto Três Lagoas Clube, na área central da cidade. Fotos: Ricardo Ojeda



Comentários