20/11/2006 13h45 – Atualizado em 20/11/2006 13h45

Dourados News

Dois lotes do medicamento analgésico Acetildor (ácido acetilsalicílico 100mg, comprimidos), fabricado pelo Laboratório Industrial Farmacêutico Sobral, têm sua venda e consumo proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os lotes 080865, com data de validade até 11/2007, e 080739, com data de validade até 8/2007, produzidos pela empresa de Floriano (PI), foram submetidos a análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lancen/RS) e apresentaram resultados insatisfatórios no tempo de dissolução do princípio ativo. A Anvisa também interditou os lotes 374292 e 352120 do anestésico Lidostesim (cloridrato de lidocaína a 3% + norepinefrina 1:50.000), fabricado pela empresa Probem – Laboratório de Produtos Farmacêuticos e Odontológicos Ltda, de Catanduva. Foram identificadas irregularidades no rótulo do medicamento e no teor do princípio ativo pelo laudo do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Comentários