02/01/2013 08h26 – Atualizado em 02/01/2013 08h26

Aos 90, enfermeira aposentada diz ter feito mais de dez mil partos em MS

Da Redação

Com mais de 50 anos de profissão, a enfermeira Mafalda Verardo, de 91 anos, orgulha-se de ter trabalhado nas principais maternidades da cidade. Ela conta que fez e participou de boa parte dos partos realizados em Campo Grande. “Confesso que não contei, mas acho que foram uns dez mil”, diz ela ao G1.

Mafalda nasceu na Itália e veio para o Brasil, com a família, quando tinha pouco mais de 1 ano. Ela conta que seus pais vivenciaram o horror da Primeira Guerra Mundial e, por isso, decidiram deixar o país. Ela e a família moraram em São Paulo e depois se mudaram para Mato Grosso do Sul, na época em que o estado ainda era Mato Grosso.

Foi durante a Segunda Guerra Mundial que Mafalda decidiu se tornar enfermeira. “Na época, eles estavam convocando moças de vários países para trabalhar com o atendimento dos soldados feridos. Quando fiquei sabendo, corri para me inscrever, mas não fui chamada porque tinha menos de 21 anos”, lembra ela.

Mesmo não sendo convocada, Mafalda não desistiu de seu sonho. Ela chegou a fazer dois cursos práticos de enfermagem e ingressou na profissão. “Naquela época não tinha cursos e nem faculdade de enfermagem, eu aprendi tudo dentro dos hospitais, com os médicos e com as enfermeiras mais experientes”, conta.

Ela ocupou os cargos de supervisora e chefe do departamento de enfermagem nas maternidades Cândido Mariano e Pró-Matre. Recebeu diversas homenagens pelos anos que trabalhou como enfermeira. Em 1990, recebeu o título de cidadã campo-grandense na Câmara de Vereadores da cidade.

Mafalda conta que ainda encontra, em todos os lugares que frequenta, um ou outro bebê, já grande, que ajudou a vir ao mundo. “Em agosto fiquei internada por alguns dias. Jogando conversa fora com a equipe de enfermagem, descobri que fiz o parto de um dos profissionais que estava me atendendo”. Ela também participou do nascimento de diversos políticos e pessoas conhecidas de Campo Grande.

Mafalda conta com a companhia de irmãos, irmãs e diversos sobrinhos. Ela não se casou e não teve filhos. “Me sinto satisfeita, realizada e hoje vejo que escolhi o caminho certo”, afirma a enfermeira.

(*) Com informações do G1 MS

Mafalda lembra do tempo em que trabalhava como enfermeira (Foto: Tatiane Queiroz/G1 MS)

Foto antiga de Mafalda vestida com uniforme de
enfermeira (Foto: Tatiane Queiroz/G1 MS)

Comentários