15/03/2016 14h55 – Atualizado em 15/03/2016 14h55

O pedido foi divulgado nesta terça-feira (15) e entregue ao diretório regional do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul

Assessoria

O senador Delcídio do Amaral após ter sua delação premiada homologada pelo supremo enviou ofício ao ex-deputado Antonio Carlos Biffi, presidente do diretório regional do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul pedindo a sua imediata desfiliação da agremiação.

Ele estava suspenso do partido por determinação do presidente nacional do PT, Rui Falcão. Veja na íntegra o ofício protocolado agora há pouco e enviado pelo seu assessor Cadu Bortolot.

“Ao senhor Antonio Carlos Biffi Presidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do Mato Grosso do Sul. Sirvo-me do presente para informar minha decisão de desfiliação do Partido dos Trabalhadores. Desde já agradeço as providências necessárias. Atenciosamente, Delcídio do Amaral Gomez”

(*) Assessoria de imprensa de Delcídio do Amaral

Delcídio do amaral estava suspenso do partido por determinação do presidente nacional do PT, Rui Falcão. (Foto: Divulgação)

Comentários