Além dos prejuízos com a apreensão das drogas e do veículo, o autor vai responder por várias infrações cometidas quando fugia da equipe policial  

No final da tarde desta sexta-feira, uma ocorrência movimentou várias equipes da Polícia Militar do 2º BPM de Três Lagoas. Tudo começou por volta das 17 horas, quando uma guarnição de policiais fazia patrulhamento na Avenida Baldomero Leituga.

Os militares perceberam uma atitude estranha do condutor um Fiat Uno branco, que ao avistar a viatura, o motorista mudou bruscamente de direção, apresentando nervosismo. Diante da atitude suspeita, iniciou-se uma aproximação para abordagem, sendo utilizado sinais luminosos e sonoros da viatura, com ordem de parada. Porém o condutor não obedeceu ao comando, iniciando uma fuga em alta velocidade, sendo acompanhado à distância pela guarnição.

ZIGUE-ZAGUE

Durante a fuga o motorista do Uno percorreu todo o bairro Jardim das Paineiras, cruzando vias preferenciais, inclusive colocando em risco crianças e demais pessoas que passavam pelo local. O Uno seguiu ainda pela avenida Filinto Muller, fazendo zigue-zague entre os veículos.  

Além disso, por várias vezes o sujeito que conduzia o Uno arremessava o veículo contra a viatura, colocando em risco a vida dos policiais. Vendo a situação de perigo que poderia agravar-se ainda mais, a equipe solicitou apoio via rádio. Com a chegada de outras viaturas, o cerco foi fechando, no intuito de fazer o veículo parar. Mas, o motorista do Uno entrava na contra mão da via, subindo na calçada, conseguindo escapar do cerco policial.

Ainda em fuga, o suspeito percorreu cerca de 7 quilômetros, entrando na circular da Lagoa Maior. Nesse local as viaturas motos se aproximaram do veículo em fuga, momento em que o suspeito arremessou o veículo contra os policiais da equipe de motocicletas.

DISPAROS

Ao entrar no bairro Santa Luzia, pela Rua Bernardino Mendes próximo ao numeral 881, o elemento arremessou uma caixa, que foi recuperada pelos policiais que estava na perseguição. Na caixa foi identificado várias embalagens plásticas contendo substância análoga a cocaína. Ainda na sequência da fuga, o sujeito arremessou o Uno contra a viatura da Força Tática vindo a se chocar no para-choque e farol, empurrando a viatura contra os demais veículos. Foi nesse momento devido ao risco eminente à integridade dos policiais, foi efetuado disparos contra o veículo em questão na tentativa fazê-lo parar, mas o autor continuou em fuga e novamente arremessando o veículo contra os policiais que faziam a perseguição em motocicletas.

QUEDA DE MOTO

Em uma dessa arremessada, um dos policiais ficou lesionado na mão direita, porque foi arremessado contra outro veículo.  Outro policial sofreu uma queda quando o condutor do Uno arremessou o veículo contra a motocicleta, causando avaria na viatura, além de risco contra o militar.

Diante da situação de risco que a ocorrência estava tomando, os policiais dispararam contra o pneu do veículo, pondo fim a perseguição que já estava causando riscos à integridade dos militares e dos moradores da localidade.

PERSEGUIÇÃO A PÉ

Após ter o pneu furado com os tiros, o autor parou na Rua Goiás em frente ao numeral 1210, saindo do veículo e continuando a fuga a pé. No trajeto ele arremessou um aparelho celular em um terreno e foi nesse momento que ele foi alcançado e diante da relutância, foi necessário o uso da força física para imobilizá-lo no solo. Após ser algemado foi percebido escoriações na face e nas pernas.

Já na delegacia, quando estava sendo lavrado o Boletim de Ocorrência, foi constatado que o homem possui antecedentes por tráfico de drogas. Também contra ele havia várias denúncias de tráfico de drogas.

CONSTRUÇÃO

Durante a confecção do boletim de ocorrência, ficou constatado que o suspeito possui uma construção na Rua Hungria, no bairro Jardim Europa. Uma equipe da Força Tática deslocou-se ao local onde se encontrava a ex-esposa do autor. A mulher informou que após a separação ficou com uma construção de um imóvel que estava em andamento, localizado ao lado de sua residência. Inclusive ela mostrou a entrada do local.

Durante a vistoria foi localizado em um dos cômodos uma bolsa que tinha em seu interior um tablete de substância análoga a cocaína e outra de crack, além de balança. Uma bacia utilizada para preparo e embalo da droga, tendo ainda embalagens com bicarbonato. Também foi encontrada uma embalagem com cafeína, que de acordo com o suspeito, eram utilizadas para preparação da droga.  Foi encontrado também; um tablete pequeno de maconha e mais três invólucros plásticos contendo substância análoga a cocaína.

R$ 300 MIL DE PREJUÍZOS

Os policiais continuaram a vistoria no imóvel em construção e encontraram ainda sete munições calibre .38 e uma calibre .40.

O suspeito disse que pagou R$22 mil no tablete de cocaína, R$19 mil no tablete de crack, R$26.500, nas embalagens plásticas e mais R$2.200 na cafeína, totalizando cerca de R$70 mil em investimento. Caso conseguisse comercializar após a preparação da droga teria um lucro de R$300 mil.

Após o depoimento do autor, foi dado voz de prisão, sendo entregue na Depac para providências.

Comentários