O tribunal arbitral que julga o litígio entre a J&F Investimentos – holding de negócios da família Batista – e a Paper Excellence (PE) em torno do controle da Eldorado Brasil já chegou a uma decisão e a submeteu, nesta semana, à matriz da Câmara de Comércio Internacional (ICC, na sigla em inglês).

As informações são do Valor Econômico. Conforme fontes com conhecimento do assunto, o anúncio da sentença, aguardada há alguns meses pelas sócias, é iminente e depende apenas dos prazos regulamentares de revisão na matriz.

A comunicação de que a decisão do trio de árbitros foi enviada para a ICC foi feita no início da semana às partes litigiosas. Havia expectativa de que a arbitragem fosse encerrada no segundo semestre de 2020, por volta do mês de outubro, definindo se o contrato de compra e venda da Eldorado, firmado em setembro de 2017, ainda é válido. Mas houve atrasos na decisão, atribuídos à complexidade do processo e à disputa ferrenha entre as sócias.

Resoluções importantes da companhia, como o início da construção da 2ª planta de celulose em Três Lagoas, dependem da decisão sobre o controle acionário da empresa.

Comentários