21/10/2015 13h22 – Atualizado em 21/10/2015 13h22

Fato aconteceu na unidade de ensino Afonso Pena. Mulher foi detida pela polícia e encaminhada à delegacia.

Lucas Gustavo

Funcionários da escola estadual Afonso Pena, de Três Lagoas, foram ameaçados, ontem (20), pela mãe de um estudante de 13 anos. A mulher estava armada com uma faca e desejava entrar na sala de aula. Segundo ela, vários garotos se organizavam para agredir seu filho no horário de saída. A moradora acusa a unidade de ensino de não tomar providências sobre o caso. A Polícia Militar precisou ser chamada para conter a situação.

Em entrevista à reportagem do Perfil News, Antonio Garcia de Oliveira, diretor da escola, contou que a mulher estava descontrolada e o insultou por diversas vezes. ‘’Eu retornava do almoço e não sabia o que se passava; fiquei surpreso com a situação. Tentei acalmá-la e uma funcionária me advertiu sobre a faca, foi quando me afastei e acionei a polícia. A inspetora precisou passar o cadeado no portão para evitar a invasão da moradora’’, disse.

De acordo com Antonio, o estudante morava em Cárceres-MS e foi matriculado este ano na escola. O adolescente, segundo o diretor, provoca constantemente os demais alunos e sempre se envolve em confusão. Na sala de aula, ele se mostra agressivo e desatencioso com os professores.

‘’O problema é constante. Esse aluno perturba todos os dias os companheiros de classe. Já conversamos com ele por diversas vezes, mas a situação não muda. Quando os colegas se irritam e o ameaçam, ele liga para a mãe e diz ser vítima, ao invés de comunicar a direção’’, acrescentou o ele.

A mulher foi encaminhada à 1ª Delegacia de Polícia e a faca apreendida. O Juizado Especial Civil e Criminal já marcou audiência para tratar do caso.

Escola estadual Afonso Pena. (Foto: Lucas Gustavo).

 Antonio Garcia de Oliveira, diretor da escola. (Foto: Lucas Gustavo).

Diretor mostra o portão que precisou ser trancado com cadeado para a mulher não invadir. (Foto: Lucas Gustavo).

Comentários