21/10/2013 10h30 – Atualizado em 21/10/2013 10h30

Assaltantes rendem policiais e resgatam 11 presos em Ponta Porã

Duas pessoas que chegaram na hora para registrar boletim de ocorrência também foram rendidas

Da Redação

Uma investigadora e uma escrivã da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã (MS), que estavam de plantão na noite de ontem (20) foram surpreendidas e rendidas por 5 homens armados com pistolas por volta de 23 horas e 40 minutos. Sob ameaça de morte, os assaltantes exigiram a entrega das chaves das celas pelas policiais.

No local há duas celas e os criminosos conseguiram abrir e resgatar os 11 presos que estavam em uma delas. São eles: Afonso Silvestrim Maciel, 40 anos, Danilo Vinícius Marques Ferreira, 22 anos, Antônio Dutra, 26 anos, Rodrigo Francisco Galeano Martins, 21 anos, Wantuil Nepomuceno, 55 anos, Douglas Rafael Almeida da Silva, 22 anos, Mariano Portilho Machado, 30 anos, Agustin Guanez Ocampos, 45 anos, Anderson Daniel Dutra, 27 anos, Márcio Ortega da Rosa, 18 anos e Paulo Cezar Barbosa dos Santos, 19 anos.

Enquanto abriam a cela, os assaltantes mantinham as policiais sob miras de armas. Duas pessoas que chegaram na hora na delegacia para registrar boletim de ocorrência, também foram rendidas. Após a fuga as policiais foram colocadas na cela, onde foram trancadas.

O revólver calibre 38 de uma das policiais, o celular, carteira funcional, documentos, cartão do banco e R$ 80 em dinheiro foram roubados pelos assaltantes. Até o momento não há informações sobre o paradeiro dos fugitivos, nem dos homens que promoveram o roubo e o resgate dos presos.

Policiais que estavam em diligências nas ruas chegaram logo em seguida na delegacia, resgataram as policiais e iniciaram diligências com o objetivo de localizar os presos. O Delegado-geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas Neto enviou a Ponta Porã uma equipe comandada por um delegado para auxiliar nas investigações sobre a fuga e nas buscas aos foragidos que já contam com o apoio da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Força Nacional de Segurança e polícia do Paraguai. O delegado Ivan Barreira, diretor do DPI (Departamento de Polícia do Interior) também está na cidade auxiliando no trabalho.

(*)Com informações de Policia Civil e Correio do Estado

Polícia iniciou diligências ainda ontem para localizar os presos (Foto: Brasiguaio News)

Comentários