18/06/2019 18h43

Ladrões pegaram Edmur Bernardes em casa para obrigá-lo a abrir o hangar; segundo informações confirmadas agora (18h50) pelo Perfil News na delegacia de Paranaíba, o piloto continua desaparecido e é tido como sequestrado.

Gisele Berto

Um avião Cessna 182 Skylane foi roubado na manhã de hoje, 18, do Aeroporto Municipal de Paranaíba. Segundo informações, três assaltantes renderem o vigia do Aeroporto, o obrigaram a levar até a casa do piloto Edmur Bernardes, que foi sequestrado para o grupo conseguir retirar o monomotor do hangar.

Segundo informações publicadas pelo jornal Campo Grande News, o proprietário da aeronave é o empresário Samuel Alonso, dono de uma concessionária de carros de Paranaíba. A aeronave custa R$ 1,2 milhão.

No aeroporto, foi encontrada uma camionete Frontier, abandonada, que seria do piloto. O veículo pode ter levado os assaltantes até o local.

Em informações confirmadas agora (18h50) pelo Perfil News na delegacia de Paranaíba, o piloto continua desaparecido e é tido como sequestrado.

A perícia esteve hoje cedo no aeroporto, retirou digitais e pistas deixadas na camionete que podem ajudar a identificar o grupo.

O monomotor de pequeno porte tem capacidade para carga de cerca de 500kg e transporte de piloto e outros três passageiros em rotas domésticas, com autonomia de voo de 1.695 km. É um modelo normalmente usado por empresários e fazendeiros que pilotam a própria aeronave.

Uma das suspeitas é de que o grupo tenha roubado o avião para usar no transporte de drogas.

Cessna Skylane foi roubado do hangar; o piloto continua desaparecido e é considerado sequestrado, segundo a polícia de Paranaíba. Foto recebida pelo Whatsapp.

Comentários