07/01/2019 08h25

A partir desta segunda-feira (07), crianças e adolescentes que já participam dos SCFVs devem procurar uma das seis unidades CRAS

Redação

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Proteção Social Básica, informa às famílias de crianças e adolescentes que está aberto o período de rematrículas para os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFVs, a partir desta segunda-feira (07).

Portanto, os pais ou responsáveis de crianças e adolescentes que já participam de um SCFV devem procurar a unidade Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do bairro em que residem para a realização da rematrícula, no horário de expediente, ou seja, das 7h às 11h e das 13h às 17h.
A Assistência Social de Três Lagoas possui seis unidades CRAS nos seguintes endereços: CRAS “Amélia Jorge Oliveira”, Rua Antônio Estevam Leal, número 1791, no Jardim Glória; CRAS “Ana Maria Moreira”, Rua Rogaciano Garcia Moreira, número 1762, no Bairro Vila Verde; CRAS “Interlagos”, Rua Bom Jesus da Lapa, 309, Bairro Lapa; CRAS “Ruth Máximo Filgueiras”, Rua Macapá, número 908, no Bairro Guanabara; CRAS “São João”, Rua José Ribeiro de Sá Carvalho, número 594, esquina com a Praça dos Ferroviários, Bairro Nossa Senhora Aparecida; e CRAS “Vila Piloto”, na Rua 20, número 160, no Bairro Vila Piloto II.

Para os novos usuários dos SCFVs, o período de matrículas estará aberto a partir do dia 04 de fevereiro, observando as mesmas condições, ou seja, os pais ou responsáveis devem procurar a unidade CRAS de referência do bairro em que residem e requerer a matrícula.

Os SCFVs, mantidos pela SMAS de Três Lagoas, são os seguintes: SCFV “Banda Cristo Redentor”; SCFV “Bombeiros do Amanhã”; SVFV CRASE “Coração de Mãe”; SCFV “Patrulha Florestinha”; SCFV “Patrulha Mirim Rodoviária”; SCFV “Pelotão Mirim”; e o SCFV para Idosos “Tia Nega”, que atende 120 pessoas, divididas em duas turmas, com idade a partir dos 60 anos.

Junto com os documentos pessoais da criança ou do adolescente, como, atestado escolar, certidão de nascimento, RG, CPF, Cartão do SUS, foto 3×4 e comprovante de residência, é necessário e imprescindível o chamado “encaminhamento do CRAS” ao referido SCFV de seu interesse e território.

(*) Assessoria de Comunicação

Comentários