02/10/2013 12h38 – Atualizado em 02/10/2013 12h38

Projeto de Eduardo Rocha que beneficia instituição é aprovado por unanimidade

Entidade filantrópica é reconhecida pelo trabalho exemplar e tem a missão executar programas e projetos, oferecendo proteção social básica ou especial às famílias e indivíduos em situações de vulnerabilidade e risco social

Assessoria de Comunicação

A partir de agora famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade passam a contar com a garantia de que a Associação Nazarena Assistencial de Três Lagoas continuará a desenvolver o seu trabalho.

É que foi aprovado, por unanimidade, Projeto de Lei de autoria do deputado Estadual, Eduardo Rocha que torna a Associação de utilidade pública.

De acordo com o parlamentar o trabalho realizado pela Associação é de extrema importância para a sociedade. A Associação Nazarena Assistencial de Três Lagoas tem um trabalho exemplar e de grande importância para as famílias e também para a sociedade.

VALORIZAÇÃO

O problema do envolvimento de crianças, jovens e adultos com as drogas é um problema de ordem social e econômica, que atinge diretamente a todas as esferas. “É preciso reconhecer e valorizar todas as instituições, que de alguma forma contribuem para tirar nossas crianças desse buraco sem fundo que é o mundo das drogas”.

Eduardo Rocha, que tem como umas das frentes de trabalho de seu mandato o combate às drogas, vem realizando através de audiências públicas nos municípios, o esclarecimento de autoridades e da sociedade civil para a epidemia das drogas. “Além das discussões pelo interior do Estado, o apoio a essas entidades pode garantir a criação de uma frente de combate e enfrentamento às drogas. A aprovação desse projeto é mais uma ferramenta para esse trabalho”.

OBJETIVOS

A Associação é uma entidade filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como objetivo principal prestar serviços gratuitos, de forma continuada, permanente e planejada, sem qualquer discriminação de clientela. Tem como missão executar programas e projetos, oferecendo proteção social básica ou especial às famílias e indivíduos em situações de vulnerabilidade e risco social ou pessoal.

Em maio de 2013 foi criado o Centro Recuperacional Nazareno que atua com o objetivo de garantir tratamento e recuperação de usuários de substâncias Psicoativas, na perspectiva das Comunidades Terapêuticas, onde através do sistema de internação, o dependente permanece em local separado da urbanização.

O CRN é instituído para adultos com idade entre 18 e 59 anos, do sexo masculino, dependentes de substâncias psicoativas, que apresentem ou não níveis de comprometimento psíquico leve ou moderado, da região de Três Lagoas – MS e de outros estados brasileiros, conforme procura e com decisão voluntária para o tratamento.

Projeto de lei de Eduardo Rocha beneficiará entidade que tem trabalho exemplar e de grande importância para as famílias e também para a sociedade (Foto: Assessoria de Comunicação)

O pastor Fabiano Loureiro, atual presidente da Associação Nazarena Assistencial de Três Lagoas foi homenageado recentemente pelo deputado Eduardo Rocha por sua atuação social. A homenagem foi entregue pelo vereador Tonhão e pelas mãos da chefe de gabinete do parlamentar, Madiane Camargo

Comentários