31/01/2019 09h45

Em caso de parcelamento do imposto, os vencimentos ficarão para os dias 31 de janeiro (primeira), 28 de fevereiro, 29 de março, 30 de abril e 31 de maio

Campo Grande News

Donos de veículos registrados em Mato Grosso do Sul tem até o fim do dia para pagar o IPVA (Imposto Predial e Territorial Urbano) com desconto de 15% à vista ou a primeira parte de quem optar pelo parcelamento. Também nesta quinta-feira, o último dia do mês de janeiro, vence o Seguro Dpvat (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre).

Em caso de parcelamento, os vencimentos ficarão para os dias 31 de janeiro (primeira), 28 de fevereiro, 29 de março, 30 de abril e 31 de maio.

As alíquotas do IPVA-2019 são de 2% do valor da tabela Fipe (referência na avaliação de veículos no Brasil) para caminhões de qualquer capacidade de carga, ônibus e micro-ônibus de transporte coletivo, ciclomotores, motocicletas, triciclos e quadriciclos; e 3,5% para automóveis de passeio, camioneta, camioneta de uso misto e utilitários.

Embora emitidos pelos Correios, contribuintes também podem emitir os canhotos de pagamento até o vencimento no site da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda, em http://www.sefaz.ms.gov.br), no atalho IPVA-2019 –é necessário fornecer placa e Renavan (Registro Nacional de Veículos) para expedição.

O IPVA é o segundo tributo mais importante para os Estados na execução de políticas públicas. Ele é repartido com os municípios, sendo 50% destinado ao Estado e 50% a cidade onde o veículo foi emplacado.

Detran – As agências do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) dos shoppings Campo Grande e Bosque dos Ipês terão seu atendimento reduzido em uma hora nesta quinta-feira (31).

Segundo a assessoria de imprensa, a medida foi tomada por causa do último dia para o pagamento do IPVA faz aumentar o movimento nos postos de atendimento. “A intenção é que os usuários que estão dentro das agências possam ser atendidos em tempo hábil”, explica a gerente regional do Detran-MS, Loretta Figueiredo, via assessoria de imprensa.

Dpvat – O boleto para pagamento do seguro obrigatório deve ser impresso separado do IPVA, direto da página da Seguradora Líder.

O seguro protege os brasileiros em caso de acidentes de trânsito, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres. O não pagamento pode resultar em problemas para o dono do veículo.

Trânsito na avenida Afonso Pena (Foto: Kísie Ainoã)

Comentários