03/01/2013 14h00 – Atualizado em 03/01/2013 14h00

Três-lagoenses recebem incentivo federal para prática esportiva

Um dos critérios para liberação do auxílio é o índice conquistado pelos jovens em importantes competições nacionais e internacionais

Da Redação

O esporte de Três Lagoas é destaque em competições estaduais, nacionais e até internacionais. Apoiando e investindo nesses atletas, a Administração Municipal, através da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (SEJUVEL) está sempre auxiliando crianças, jovens e adultos que representam o Município em jogos e campeonatos de várias modalidades esportivas.

Já os atletas que apresentam excelentes índices nacionais e internacionais também podem ser beneficiados com o Programa Bolsa Atleta, do Governo Federal.

Atualmente a atleta paraolímpica, Silvânia Costa de Oliveira é contemplada por esse beneficio, fruto de seu alto rendimento em competições e provas de atletismo.

Aos 25 anos de idade, a atleta três-lagoense Silvânia Costa Oliveira é destaque quando o assunto é atletismo. A jovem começou a praticar esporte aos 11 anos através de um projeto escolar e não parou mais.

Silvânia já representou Três Lagoas em diversas competições no Brasil e no Exterior e hoje está entre as 20 atletas da Seleção Brasileira.

Somente em competições nacionais realizadas neste ano, a atleta conquistou 12 medalhas, sendo 10 ouros e 2 medalhas de bronze, nas modalidades de 100 e 200 metros rasos. Já representando a Seleção Brasileira em competições internacionais, Silvânia conquistou uma medalha de ouro e duas de bronze em campeonato realizado na Espanha.

A atleta conta com o apoio da Administração Municipal, através da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (SEJUVEL), tem como treinador Ubiratan Brito e ainda parceria de alguns patrocinadores.

PRÓXIMAS COMPETIÇÕES

Silvânia se recupera de uma lesão e treina duas vezes ao dia se preparando para a etapa nacional de Atletismo na cidade de Recife/PE. A competição irá classificar atletas para o mundial na Nova Zelândia em março de 2013.

Raoni Marques de Moraes

Outro atleta três-lagoense que também já participou desse programa do Governo Federal em 2011 é Raoni Marques de Moraes, atleta das provas de arremesso de peso. Segundo o diretor de Esporte e Lazer, Ricardo Roriz, a SEJUVEL já está providenciando o currículo atualizado do atleta para entrar com o pedido junto ao Ministério dos Esportes com o objetivo de tentar a liberação do beneficio novamente.

Segundo o secretário de Esportes, Juventude e Lazer, Sávio Bernardes, a importância da Bolsa “é incentivar o surgimento de novos atletas, com perspectiva de seguir carreira sempre com o apoio financeiro necessário, e principalmente dar esta condição àqueles já nesta condição, ou seja, que precisam do custeio para se manterem no alto nível de competitividade, com a dedicação necessária para tanto”, explicou Sávio.

BOLSA ATLETA

Atletas de alto rendimento que não possuem patrocínio e condições para se dedicar exclusivamente ao esporte são o alvo do Programa Bolsa-Atleta. Através dele, o governo repassa uma contribuição mensal, que varia de acordo com os resultados obtidos pelo atleta.

Em contrapartida, o beneficiado deve cumprir pré-requisitos, como estar matriculado em instituições de ensino, participar de competições, ter vínculo com entidades esportivas e comprovar participação em treinamentos.

Os valores repassados são de R$ 300 para o nível estudantil, R$ 750 para o nacional, R$ 1,5 mil para o internacional e R$ 2,5 mil para categoria olímpica e paraolímpica.

Esse programa do Ministério do Esporte visa investir prioritariamente nos esportes olímpicos e paraolímpicos, para formar, manter e renovar periodicamente gerações de atletas com potencial para representar o País nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

(*)Informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas

Silvânia Costa Oliveira é destaque quando o assunto é atletismo. Foto: Arquivo/Perfil

Comentários