Alerta sobre risco de saída de profissionais da UTI foi feito por médicos, que pleiteavam remuneração equivalente a outros hospitais locais

Em coluna publicada ontem, 7, o jornalista Ricardo Ojeda, do Perfil News, divulgou um alerta de que poderia haver debandada de médicos da UTI Covid do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora caso os valores pagos por plantões não fossem revistos.

De acordo com a fonte ouvida pelo colunista, o Hospital teria sido notificado em 31 de março sobre a necessidade de adequação dos valores pagos aos médicos da UTI.

Ainda segundo o colunista, um médico do Auxiliadora recebe R$ 2.600 por plantão de 24 horas, enquanto no UPA o valor pago é de R$ 3.200 pelo mesmo período. No Hospital Cassems, o profissional recebe R$ 4.200, pelo plantão de 24 horas.

Os profissionais teriam dado um prazo ao Hospital para apresentar uma proposta, esse prazo venceria no próximo domingo, 11.

Posicionamento do Hospital

Em nota enviada ao Perfil News, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora afirmou que já havia feito um acordo para um aditivo junto à Prefeitura para ajustar os honorários da equipe médica.

Confira a nota enviada pelo Hospital:

“O Hospital Auxiliadora informa que a respeito da coluna publicada pelo veículo de comunicação Perfil News sobre os valores dos honorários médicos, informamos que desde a última terça-feira (06) de abril já havia sido acordado um termo aditivo juntamente com a Prefeitura Municipal para os valores de plantão 24 h do profissional médico”.

Comentários