26/10/2015 13h02 – Atualizado em 26/10/2015 13h02

Imagens feitas por um morador da região e que circularam nas redes sociais durante o fim de semana mostram o avião da FAB perseguindo outra aeronave.

Redação

Um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) disparou tiros de alerta contra uma aeronave não identificada e considerada suspeita no último sábado (24) nas proximidades de Japorã (a 484 km de Campo Grande). Não há informações sobre pessoas feridas.

Imagens feitas por um morador da região e que circularam nas redes sociais durante o fim de semana mostram o avião da FAB perseguindo outra aeronave. No começo do vídeo, é possível ouvir som de tiros.
O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informou, por meio de nota, que os disparos foram feitos “durante uma operação rotineira de policiamento do espaço aéreo” contra uma aeronave que não informou o plano de voo.

“O avião estava em uma rota conhecida por ser utilizada para atividades ilícitas”, diz o comunicado. A Aeronáutica esclarece que as medidas adotadas são previstas pelo decreto nº 5.144/2004.

Essa legislação prevê que, em casos de aeronaves consideradas suspeitas, a FAB pode se aproximar do avião suspeito, determinar um pouso forçado e disparar tiros de aviso. Um último recurso, se os anteriores não surtarem efeito, é atirar para causar danos à aeronave, medida que só pode ser tomada com autorização da Presidência da República.

A Aeronáutica afirmou ainda que a aeronave suspeita fugiu pela fronteira com o Paraguai e que autoridades brasileiras e do país vizinho “trabalham para localizar a referida aeronave”.

(*) UOL

O avião estava em uma rota conhecida por ser utilizada para atividades ilícitas. (Foto: Reprodução/UOL).

Comentários