Cidade voltará a ter ligações diárias com Viracopos, em Campinas, maior centro de conexões da companhia aérea no país

A partir de 1º de fevereiro Três Lagoas volta a ser servida pela Azul. A companhia retomará os voos da cidade para Viracopos, em Campinas, principal centro de conexões da Azul no país.

Os voos estarão disponíveis todos os dias, exceto às quintas-feiras. As passagens para os novos voos, que seguirão os protocolos de higiene e segurança adotados pela empresa desde o início da pandemia, começam a ser vendidas em todos os canais oficiais da companhia nesta quarta (25).

As ligações entre Três Lagoas e Campinas serão cumpridas com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 Clientes. Em Viracopos, o cliente poderá se conectar para destinos de todas as regiões do país e até para Fort Lauderdale (EUA) e Lisboa (Portugal).

“Começaremos o próximo ano com mais inclusões de voos e destinos domésticos e estamos felizes por voltar a operar em Três Lagoas. Com a reabertura dessa base, ampliamos a oferta de voos no Mato Grosso do Sul, oferecendo mais opções de destinos para os sul mato-grossenses e contribuindo para a retomada do turismo no estado. Isso também reforça a vocação da Azul de conectar o Brasil de ponta a ponta. Somos a maior companhia aérea do país em número de destinos e voos diários e queremos que nossos Clientes tenham a segurança e o bem-estar garantidos para voarem”, destaca Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Além do aeroporto de Três Lagoas, a Azul também retoma operações no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a partir de janeiro, e em Jaguaruna (SC), Uberaba (MG) e nas cidades gaúchas de Caxias do Sul, Santo Ângelo e Uruguaiana, a partir de fevereiro, totalizando sete cidades que voltarão a receber voos da companhia nos dois primeiros meses de 2021.

O novo padrão de limpeza e segurança da Azul 

A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA e Anvisa. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por Tripulantes e Clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos. 

A companhia tem orientado o check-in pelo aplicativo e, para aqueles que precisa despachar a bagagem, sugere o uso das bancadas digitais de autoatendimento, em que o próprio cliente etiqueta sua bagagem sem contato com a tela dos tablets. Para o embarque, a Azul lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo, que é composto por um conjunto de projetores e monitores. Por meio de realidade aumentada, projetores no chão formam um tapete virtual colorido e móvel que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento. A inovação vem proporcionando uma diminuição de cerca de 25% no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si. 

A bordo da aeronave, lenços umedecidos estão à disposição para uso dos Clientes e dos Tripulantes da Azul e sachês de álcool em gel são distribuídos a todos os viajantes. A companhia também tem utilizado descontaminantes que contam com um princípio ativo que elimina vírus e bactérias em 99,99% dos casos.  

Além disso, a empresa também adotou o sistema de raio ultravioleta da Honeywell para a limpeza do interior de suas aeronaves. O UV Treatment System é capaz de auxiliar a limpeza do interior de uma aeronave em menos de 10 minutos. A tecnologia representa uma camada a mais de segurança que será gradualmente introduzida na frota da Azul, a primeira empresa aérea da América Latina a trazer essa inovação.  

Somando-se a isso e à limpeza dupla nos assentos, mesinhas, bolsão, banheiros, encosto de cabeça, cinto de segurança, janela, paredes e compartimentos superiores, a Azul vem atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pelas autoridades sanitárias. O serviço de bordo passou a ser realizado ao final do voo, garantindo o uso da máscara durante toda a viagem, e o desembarque agora é realizado por fileiras, evitando as costumeiras aglomerações no corredor no momento de saída da aeronave. 

Confira, a seguir, a malha da Azul para a operação em Três Lagoas:

Viracopos (VCP) – Três Lagoas (TJL)
REABERTURA DE BASE *A partir de 01 de fevereiro de 2021*
OrigemSaídaDestinoChegadaFrequência
Viracopos08:05Três Lagoas08:45Exceto às quintas
Três Lagoas09:30Viracopos12:05Exceto às quintas
Comentários