19/01/2012 13h34 – Atualizado em 19/01/2012 13h34

Entre os principais pretendentes de Beckham estavam o novo rico francês, Paris Saint-Germain, e também o Tottenham, da Inglaterra

GLOBO ESPORTE

Agora é oficial: David Beckham não vai sair dos Estados Unidos. O craque inglês, que se destacou jogando por Manchester United e Real Madrid, renovou seu contrato com o Los Angeles Galaxy, da Major League Soccer, frustrando os planos de diversos clubes da Europa que sonhavam em levá-lo de volta para o Velho Continente após o seu vínculo com a equipe norte-americana se encerrar.

Entre os principais pretendentes de Beckham estavam o novo rico francês, Paris Saint-Germain, e também o Tottenham, da Inglaterra. No entanto, Becks e sua família não quiseram deixar para trás a vida de ídolo (e, claro, de celebridade) que o jogador tem na América.

  • Essa foi uma decisão importante para mim. Tive ofertas de clubes de todo o mundo, mas estou apaixonado por jogador na América e quero ganhar troféus com o Galaxy. Minha família e eu estamos incrivelmente felizes e adaptados aqui. Esperamos ainda passar muitos anos nos Estados Unidos – disse o apoiador.

Beckham, que está pré-selecionado para a seleção inglesa que vai disputar os Jogos Olímpicos de Londres, só teria pedido que o Galaxy o libere no meio da temporada da MLS no caso de ele ser, de fato, convocado para disputar a competição.

David Beckham não vai sair dos Estados Unidos
Foto: Divulgação

Comentários