07/09/2018 10h51

Redação

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, atingido por uma facada durante ato de campanha em Minas Gerais ontem, será transferido em um helicóptero Águia da Polícia Militar do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ao Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da cidade. O parlamentar vai direto para UTI, na qual será submetido a uma avaliação multidisciplinar, que deve durar três horas.

Só depois da avaliação o hospital vai divulgar a equipe de médicos que vai acompanhá- lo. O avião de prefixo PT-WGF trazendo o presidenciável pousou no aeroporto da capital paulista às 9h45. Ele foi transferido do avião para uma UTI móvel e só então colocado no helicóptero da Polícia Militar.

O jatinho que trouxe Bolsonaro a São Paulo decolou por volta de 9h do Aeroporto Francisco Álvares de Assis, conhecido como Aeroporto da Serrinha, em Juiz de Fora. A ambulância que levou o candidato entrou direto no hangar, de onde ele foi levado ao avião.

Bolsonaro passou a noite na Unidade de Tratamento Intensivo da unidade mineira. Segundo os médicos, o estado dele é grave, mas estável. Flávio Bolsonaro, filho do deputado, elogiou a equipe médica e a rapidez no atendimento. Ele foi submetido a uma delicada cirurgia na cidade mineira.

— Ele está bem, estável, mas em observação — disse a diretora da Santa Casa, a médica Eunice Dantas, durante entrevista na entrada do hospital, lgo depois da saída de Bolsonaro.

— Só foi possível o transporte porque ele está bem… ele está com sonda, oxigênio, soro, medicações e a colostomia é de dois a três meses, mas está estável — acrescentou a médica.

(*) Extra

Jair Bolsonaro é levado para hospital de SP Foto: Reprodução/GloboNews

Comentários